Diana Motta – Foto: Leka Mendes

Por Diana Motta

Estamos no mês de sagitário, quando digo mês quero dizer o ciclo lunar de sagitário, que vai até dia 16 de dezembro deste ano. Os cabalistas ensinam que quando estamos sob influência de um mês, não apenas os sagitarianos, mas todos nós podemos ganhar a energia deste signo. É por isso que há milhares de anos os cabalistas estudam quais são as forças em jogo em cada mês, para que possamos tomar proveito do melhor dessa força, e saber lidar com eventuais desafios.

Meu trabalho aqui é explicar da maneira mais simples e prática como tirar o melhor proveito dessa energia. Sagitário não é conhecido como um signo de sorte por acaso. O sagitário tem sorte, pois ele adora ser desafiado, e também porque se arrisca – ele já acredita que as coisas darão certo. Os cabalistas sabem que a consciência cria a realidade e essa é uma das razões pelas quais o sagitarianos acabam mesmo tendo sorte: o pensamento positivo.

Além de incorporarmos a positividade neste mês, gostaria de contar para vocês um segredo cabalístico poderosíssimo, que explica como os milagres acontecem. Afinal de contas, cabalisticamente, este é o mês dos milagres. Temos Thanksgiving, Natal e Chanuká, todos os feriados que de certa forma estão envolvidos com iluminação, luzes ou velas. Não é à toa que a abertura cósmica de Chanuká cai neste mês, é por que há de fato uma abertura para milagres agora.

“Sun”, obra original de Diana Motta – todos os direitos reservados

Primeiramente, não deveríamos ver milagres como algo religioso ou inalcançável, mas como uma força que existe aqui e agora, e que podemos criar a qualquer momento. Os cabalistas entendem que as letras, números, palavras e toda linguagem escrita e falada têm uma ligação direta com o divino, pois apenas os seres humanos têm acesso a essa ferramenta tão elevada. É por meio da decodificação dessa linguagem que os cabalistas entendem a essência do mundo físico. Percebam que estou explicando de uma forma muito simples um conceito extremante profundo e muito poderoso.

Pois bem, dentro da palavra hebraica NESS, que significa milagre, existe a raiz de outras duas palavras que são “quebrar” ou “sair”,  e a palavra “teste”. Desta forma os cabalistas entendem a essência desta força, a essência de um milagre. Todo mundo sabe que um milagre é algo que acontece fora da natureza. Então o cabalistas dizem: para criarmos um milagre, temos que “quebrar” nossa própria natureza. Como? Fazendo coisas positivas que nunca fizemos antes e saindo da nossa zona de conforto.

Outra dica para saber que um milagre está prestes a acontecer vem do significado da palavra “teste”. Como? Por exemplo, se você está atrasada para um compromisso, e uma pessoa lhe pede ajuda nessa hora, isso é teste. Se você conseguir ir além da sua natureza limitada e ajudar essa pessoa, os cabalistas dizem: você está criando um milagre. Sempre antes de acontecer um milagre você será testado. Usando a energia de assumir riscos  e encarar desafios dos sagitarianos temos todo o apoio deste mês para criamos bênçãos em nossas vidas.

Diana Motta, além de artista visual, é também astróloga cabalística. Começou seu estudo no Kabbalah Centre de Nova York, cidade onde morou durante quatro anos para fazer pós-gradução na NYU em design e tecnologia. De volta ao Brasil, continuou seus estudos por aqui, onde trabalhou como intérprete e tradutora de cursos e palestras, além de traduzir livros e publicações do Kabbalah Centre, assim como a tradução do livro sagrado da Kabbalah, o Zohar, que ela lê em aramaico e hebraico. Formou-se como astróloga pela escola internacional Academy of Kabbalistic Astrology. Hoje atua como profissional na área, com atendimento personalizado de mapas astrais e acompanhamento individual, que inclui, entre outras coisas, interpretação de sonhos. Tudo pela perspectiva cabalística. Resultado de 13 anos de dedicação e comprometimento com o estudo contínuo dessa sabedoria milenar.

Vocês podem acompanhar o perfil no Instagram para dicas astrológicas cabalísticas: @dika_astral.