Elizabeth Hurley é uma das apoiadoras do gala beneficente de Elton John - Fotos: Getty Images


Por Laura Zúñiga

Em sua sexta edição, o baile de inverno da vodca Grey Goose aconteceu na noite de sábado (10.11), em Londres, arrecadando fundos para a fundação de Elton John de combate à Aids. Reunindo convidados como Elizabeth Hurley, Jay Kay (Jamiroquai), Giles Deacon, Tamara Ecclestone, Theo Fennel, Julien Macdonald, David Hasselhoff, Trudy Styler, Zara Martin e Suki Waterhouse, o evento na icônica Battersea Power Station foi marcado por bom humor, conscientização da causa e um leilão de luxo.

A grande ausência foi do próprio Elton John, quee atendendo a um pedido de George Michael, o substituiu em um show em Perth, na Austrália. Mas ninguém menos do que Kevin Spacey foi convidado para o seu lugar, o que foi garantia de risos e até um momento de comédia stand-up com suas imitações de Bill Clinton, Morgan Freeman e Christopher Walken.

O tema da noite foi a Cote d’Azur nos anos 1950. Seguindo a prática de convidar artistas para colaborações, este ano os convidados foram: a fotógrafa Ellen Von Unwerth, a chef Hélène Darroze, o estilista Gareth Pugh, o designer Karim Rashid e os cantores Emeli Sandé e Labrinth. Von Unwerth, Pugh e Rashid criaram bares portáteis para a vodca; Darroze, à frente do restaurante londrino The Connaught preparou o cardápio e canapés; e Sandé e Labrinth fizeram shows para os convidados. Os bares criados sob medida foram leiloados, além de jantares no restaurante de Alain Ducasse (The Jules Verne, no topo da Torre Eiffel) e outros mimos.

Liz Hurley se disse muito orgulhosa do trabalho dos amigos: “Eu sou madrinha da campanha há anos. A Grey Goose também merece parabéns, porque os convidados investem muito dinheiro para estarem aqui, valorizando a causa e se divertindo.” Kevin Spacey estava elegante, vestindo Gieves and Hawkes dos pés à cabeça.

Bar de Pugh foi recordista no leilão - Foto: Divulgação

O bar criado por Pugh foi o de maior arrecadação: £40 mil (cerca de R$ 13 mil). A peça chamada Monolith é um cubo de jacarandá regenerado africano que, quando aberto, revela compartimentos para taças e garrafa. Pugh diz que sua inspiração foi seu fascínio com estruturas e a sobreposição de luz e sombras.

Cabaré francês inspira o bar de Ellen Von Unwerth - Foto: Divulgação

O bar de Ellen (que não pôde estar presente por causa do furacão Sandy) é tão sensual quanto suas fotografias: com o tema de cabaré francês dos anos 20, as cortinas são de veludo vermelho, com dois anjos de espartilho abençoando a peça. Seu comprador ainda garantiu uma fotografia tirada pela própria!

O bar futurista de Karim Rashid - Foto: Divulgação


Karim Rashid
imprimiu seu estilo arrojado e futurista no bar Hatch, em formato de ovo e com compartimentos ocultos.

Mais de £690 mil (R$ 2,2 milhões) foram levantados na noite, e a mensagem principal passada por David Furnish e Elton John foi que é possível um futuro sem Aids. Ele começa agora com a colaboração e conscientização de todos, principalmente quando estão todos felizes e comemorando. Parabéns!

Veja mais:
Harper’s Bazaar bate papo com a chef Hélène Darroze em gala beneficente de Elton John