Foto: Fabio Audi
Foto: Fabio Audi

Fabio Audi mergulhou no universo da fotografia e fez um editorial com a atriz – e amiga pessoal – Camila Márdila. A brasiliense usa e abusa da intensidade visual das peças da Gucci, com make de Dudu Baron e styling de Tica Bertani.

Bazaar entrevistou o ator e fotógrafo, que abriu um estúdio recentemente e promete no mundo da área visual.

Veja a seguir:

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Foto: Fabio Audi
Foto: Fabio Audi
Foto: Fabio Audi
Foto: Fabio Audi

Como surgiu seu interesse por fotografia?
Minha formação é em cinema. Sempre me realcionei com a ideia de produzir e analisar imagens. Acho que em algum momento entre o filme “Hoje eu quero voltar sozinho” e a novela “Alto Astral” (Ambos como ator) comecei a flertar com a ideia de voltar a esse universo que fica atrás das câmeras. Gosto muito do tempo na fotografia, da preparação, do controle de luz, da relação com as pessaos, da ideia de registro.

Como surgiu a ideia de fazer essas fotos?
Os primeiros retratos que fiz foram no rio de janeiro ha uns 2 anos. Ainda estava experimentando muito. Eu chamei alguns amigos que também são atores para participarem. Com o tempo isso começou a ficar mais evidente e interessante para mim.

Porque a escolhida para esse trabalho foi Camila Márdila?
Somos amigos. Fazia algum tempo que queria fotografa-la. A Camila é demais.

Qual foi o mood para construir a direção artística das fotos?
A princípio não tinha mood nenhum. Apenas uma intuição de juntar a força da Camila com essa intensidade visual da Gucci. Queria ver como isso ficaria em um tipo de luz mais simples.

Como foi a parceria com a Gucci para o styling das fotos?
A Tica Bertani (stylist, amo) sugeriu essa parceria com o Vitor Souza e a Carla Moreire.

Foto: Fabio Audi
Foto: Fabio Audi
Foto: Fabio Audi
Foto: Fabio Audi

Ser ator e trabalhar na área cinematográfica te ajudou a ter um olhar apurado para a fotografia?
Sim. É muito relevante compreender a pessoa que está na frente das câmeras. Já estive ali, já sofri, ja senti medo. Ao mesmo tempo, em qualquer arte, é fundamental aprender a observar tudo que está a sua frente. O cinema é um retrato do tempo e espaço. Tudo é compreensão e recorte. Atuar é observar as pessoas, as reações, ler pensamentos só com o olhar. E a fotografia é tudo isso.

Planeja fazer outros trabalhos envolvendo fotografia?
Acabei de abrir um estúdio de fotografia aqui em São Paulo. Acho que virei fotógrafo mesmo!

E sobre cinema, tem algum projeto para o futuro?
Sim, mudar de governo.

Veja ao longo deste post o editorial fotografado por Fabio:

Foto: Fabio Audi
Foto: Fabio Audi
Foto: Fabio Audi
Foto: Fabio Audi
Foto: Fabio Audi
Foto: Fabio Audi
Foto: Fabio Audi
Foto: Fabio Audi

Leia mais:
Leão Serva abre exposição “Dear Alien” em Londres
“Cleópatra” é o fashion filme da era dourada de Hollywood
Paolla Oliveira é a estrela de “A Dona do Pedaço”
Brenda Larigaudie: conheça a trajetória da modelo da capa da Bazaar