Gigi na entrevista - Foto: Lu Prezia
Gigi na entrevista – Foto: Lu Prezia

Por Victoria Ranieri

Após estrelar o clipe da música Bad Blood, de Taylor Swift, Gigi Hadid veio ao Brasil para o lançamento da campanha do Dia dos Namorados da Rosa Chá e contou para Bazaar como foram as filmagens do vídeo, cheio de outras estrelas da música e das passarelas. “Foi muito divertido e engraçado, apesar de eu ter gravado por um dia inteiro enquanto Taylor gravou durante oito dias. Ao mesmo tempo em que tínhamos que parecer umas Bad Ass, nós estávamos quase caindo do salto alto e rindo muito. Foi algo muito divertido!”, disse.

Quando o assunto é carreira, vale lembrar que Gigi tem apenas 20 anos e está alcançado cada vez e rapidamente o sucesso. Prova disso é sua aparição no último Calendário Pirelli. “Eu acho que encontrei os meus objetivos, como ser uma boa pessoa no trabalho, uma pessoa com quem os outros profissionais queiram trabalhar. Proporcionar uma experiência positiva, porque, quando uma pessoa quer trabalhar com você, isso te abre portas para inúmeros trabalhos que talvez não estivessem abertos se você fosse de outra maneira”, explica.

Sobre seu estilo, se você acha que todas as celebridades não abrem mão de um stylist para grandes eventos, está enganado. Ela segue o caminho inverso e desenvolve seus modelos com os próprios estilistas: “Normalmente eu trabalho diretamente com o estilista para escolher meu look, como no caso do meu macacão para o CFDA, em que trabalhei direto com Michael Kors. E meu vestido do MET Gala, em que trabalhei diretamente com Diane von Fürstenberg. Mas isso depende de algumas coisas. Em uma das festas pós-Oscar eu trabalhei com Joseph Cassell, o mesmo stylist da Taylor Stwift”.

Ainda falando de estilo, a top dá como dica juntar uma peça simples e com algo de mais destaque. No caso dela, as favoritas são as peças em cinza. Maquiagem? Essa palavra está longe de ser algo do seu dia-a-dia, ja que acreditar que “less is more” em make up. “Bronzer, batom e máscara de cílios já são o suficiente, você não precisa fazer um look glam todos os dias”, diz.

Apesar do Instagram ser a rede social do momento, Gigi prefere usar o Twitter para se comunicar com o mundo. “Lá posso ser estranha e engraçada. É onde eu vejo o quando as pessoas são divertidas e isso é o que eu gosto. Então o Twitter é o lugar ideal para me conectar com as pessoas”, conclui.