A florista Giuliana Ranieri posa em seu ateliê para a seção At Work de nossa revista - Foto: Harper's Bazaar/Erico Toscano
A florista Giuliana Ranieri posa em seu ateliê para a seção At Work de nossa revista – Foto: Harper’s Bazaar/Erico Toscano

É primavera! E para comemorar a chegada da estação das flores, mostramos o ateliê da it-florista Giuliana Ranieri – a íntegra da reportagem você vê na seção At Work da edição impressa da nossa revista, que está nas bancas, com Claudia Schiffer e muito mais-, além de outras floriculturas que valem a pena ficar no radar:

Giuliana Ranieri

“Amo flores desde que me entendo por gente, foi por mero acaso que caí na faculdade de Arquitetura”, conta Giuliana Ranieri. Ela se formou, mas nunca trabalhou com isso. Foi se especializar em Londres, fez cursos e mergulhou na maneira tradicional inglesa de fazer arranjos e de se vestir também – o estilo “chá inglês” é sua referência. Do tipo que agrada big shots do high, como Renata e Lianinha Moraes e as irmãs Isabel e Gabriela Silveira Mello, algumas das habitués de seu ateliê, instalado há mais de uma década na ex-garagem da casa de sua mãe, na Cidade Jardim.

Helena Lunardelli

Fotos: Reprodução/Instagram
Fotos: Reprodução/Instagram

Helena Lunardelli acumula múltiplas funções e talentos: além de arquiteta, decoradora, paisagista, florista, entre outros, a moça também é escritora, e lançou, nesta quinta-feira (18.09), o livro Pequenos Arranjos do Cotidiano, segundo assinado por ela. Na publicação, Helena ensina os leitores a montar belos arranjos florais que dão nova vida aos ambientes, e mostra como é possível melhorar um espaço e mudar o visual de um cômodo com diferentes tipos de flores e folhagens, sem esquecer dos pequenos detalhes. Flor da estação: delfinium.

Amapá Flower Shop

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

No Amapá Flower Shop – antigo Da Floré tudo handmade. Todos os arranjos são feitos pessoalmente pelas donas – Nina e Kika Levy. “Prezamos muito pela simplicidade, a natureza já é linda não precisa acrescentar muito. O importante é estar atenta as combinações de cores, de formas, para que fique tudo em harmonia”, contou Nina. Flor da estação: “Na minha opinião, as flores nessa época do ano são as mais lindas ! Ranúnculos, anêmonas, proteínas, tulipas…São todas incríveis, mas o meu coração é da peônia”, entrega. O primeiro espaço do duo – um verdadeiro jardim secreto em São Paulo –  será inaugurado no dia 4 de outubro de 2014.

Da Horta

Foto: Reprodução/Instagram
Foto: Reprodução/Instagram

Delicado e autêntico, o DaHorta busca trazer de uma forma alegre e descontraída o jardim pra dentro de casa. Flor da estação: “Na minha opinião, a primavera é boa para plantar sálvia, além de ser o melhor momento para o cultivo do tempero, é uma época boa para cozinhar comidas mais leves e refinadas que podem ser temperadas com as folhas. As suculentas, que já são um hit, nesta época do ano nascem mais florzinhas ao redor de algumas espécies”, revela Marina Coutinho, idealizadora do negócio. (contatodahorta@gmail.com)

Fulô

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Para quem procura arranjos arrojados e com elementos diferentes como plumas, pedras e cordas; a Fulô, de Daniela Laloum, é a pedida. “Não gosto de arranjos tradicionais arrumadinhos e com formas perfeitas, gosto deles desproporcionais”, explica Dani. Flor da estação: fresia.

Bothanica Paulista

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Expert em cerimônias e casamentos, a Bothanica pode ser definida como uma empresa que tem como essência a elegância e a simplicidade, incorporando em suas produções, o que estes dois conceitos têm de melhor. “Cada projeto, cada cliente, é um desafio único. A elegância tem muitas facetas, detalhes e até truques”, explica Suzana Galvão, proprietária da Bothanica. Flor da estação: fresia.

Fleur

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

 A Fleur da querida Sandra Bighetti é expert em arranjos românticos e chic, mas com personalidade! Flor da estação: “Orquídeas, a flor de todas as estações na minha opinião.”

Assine Harper’s Bazaar