Editorial de festa – Foto: Arquivo Harper’s Bazaar

Por Igor Zahir

Ok, temos vivido períodos difíceis há quase dois anos. Mas como dizem as mensagens de reflexão (e de “zen influencers” nas redes sociais), sempre há algo a se agradecer, comemorar, mesmo que seja o fato de estar vivo, com saúde e em paz. E se tem uma bebida que é “a cara” do fim de ano, com certeza são os espumantes. Prático e sofisticado, eles são usados em qualquer ocasião do mês de dezembro, pedindo apenas poucos cuidados:

“O tipo de taça mais recomendado é do estilo flute, por ser a que melhor evidencia o perlage. No caso dos espumantes brasileiros em geral, este tipo de taça também auxilia para concentrar os aromas frutados e o frescor do produto”, explica a sommelière e sócia da Amitié, Andreia Gentilini Milan. “Lembrando que a temperatura de serviço é bem importante, uma das coisas a não fazer é abrir um espumante quente por conta de toda pressão contida na garrafa. Também lembre de não agitar a garrafa! O serviço impecável do espumante é fazer a abertura sem estourar a rolha.”

Abaixo, alguns rótulos provados e aprovados por Bazaar para este fim de ano:

Bel Colle Asti Dolce Millesimato (R$ 147,20)

Produzido pela Bosio Family Estates com 100% Moscato Bianco na região de Piemonte, na Itália, tem cor limão claro, perlage fino, nariz delicado e complexo, com frutas brancas frescas (pera, pêssego) e toques de flor de laranjeira, jasmim e mel. Leve, cremoso, doçura e frescor em perfeita harmonia.

Espumante Luigi Bosca Bohème Brut Nature (R$ 397,43)

Elaborado com 60% Pinot Noir, 30% Chardonnay e 10% Pinot Meunier em Luján de Cuyo e Maipú, na Argentina, tem cor palha intenso e brilhante, com perfeito perlage. Vinoso e muito complexo, efusivo em notas tostadas, de frutas maduras, mel e amêndoas. Elegante e cremoso, harmoniosamente fresco e persistente. Tem estimativa de guarda de 10 anos.

Lozano Ophicus Rosé (R$ 57,90)

Feito com uvas 80% Tempranillo e 20% Bobal em La Mancha, na Espanha, tem delicada coloração rosada, limpo e brilhante, perlage fina e abundante. Intenso no nariz, exibe aromas de cerejas e flores. Na boca é fresco, com acidez agradável e equilibrada, e oferece um longo final de boca.

Amitié Nature (R$ 138,70)

Elaborado por meio do Método Tradicional com a clássica uva Chardonnay em Farroupilha, na Serra Gaúcha, tem coloração amarelo com reflexos dourados, perlage fino e persistente. Tem notas florais delicadas e de frutas como abacaxi e damasco. Apresenta notas de maturação com as leveduras, caracterizadas pelo pão tostado e brioches. Espumante com agradável cremosidade, frescor e acidez equilibrada. Apresenta notas frutadas, com bom volume de boca. Ótima complexidade e persistência gustativa.

Kriter Brut (R$ 133,88)

Feito com Chardonnay e Chenin Blanc na Bourgogne, França, é amarelo-palha intenso, com perlage fino e persistente, brilhante. Boa complexidade, com frutado fresco (maçã-verde, pêra e cítricos) e notas tostadas de autólise. Enche a boca, média estrutura e agradável frescor.

Raventós De Nit Rosé 2015 (R$ 248,48)

Produzido com 55% Macabeo, 20% Xarel.lo, 20% Parellada e 5% Monastrell na Catalunha, tem cor rosa tênue, com perlage fino e persistente. Impressiona pela definição de morangos frescos e ervas mediterrâneas, sobre deliciosas notas de autólise. Incrível equilíbrio em boca, com ótima dissolução da espuma cremosa.

Ferrari Perlè Brut 2016 (R$ 321,75)

Criado a partir da uva Trento D.O.C. em Trentino, na Itália, tem cor palha intenso com reflexos dourados, brilhante, perlage fino e persistente. Nobre e rica no olfato, com maçã e pêra maduras, amêndoas e avelãs, além de notas defumadas e florais. Notável estrutura, firme e cremosa ao mesmo tempo, longo final refrescante.

Amitié Cuvée Brut Rosé (R$ 79,90)

Elaborado com Chardonnay e Pinot Noir, tem coloração rosada e elegante, notas de frutas vermelhas. Em boca, apresenta acidez delicada e boa cremosidade. É refrescante, com alta persistência gustativa e bastante aromático.

Kit da Bruts de Diferentes Terroirs (R$ 330)

Diferentes terroirs em três tipos de espumantes bruts brasileiros: na Serra Gaúcha foi originado o GO UP Espumante Brut, elaborado 100% com a uva Chardonnay pelo método Charmat, e é um espumante muito fresco e frutado, perfeito para ser consumido a toda hora. Direto do Vale do São Francisco, em Pernambuco, vem o Brut 100% Chenin Blanc, uma variedade que geralmente tem acidez bastante intensa e que fica muito bem em espumantes. Um pouco mais encorpado que o GO UP, é uma experiência diferente, com uma uva não tão usada na elaboração de espumantes. E no Sudoeste do Paraná nasceu o RH Brut, elaborado pelo método Tradicional, tendo conquistado o prêmio de Melhor Espumante Brut na Grande Prova Vinhos do Brasil de 2020. Com 80% Chardonnay e 20% Pinot Noir, é muito complexo, com 36 meses de autólise. O kit vem com 2 exemplares de cada espumante.