Foto: Arquivo Harper’s Bazaar

Por Karen Couto

O jejum é uma prática milenar em muitas religiōes. Não à toa é sábia e curativa.

A minha sugestão, é começar pelo jejum de 12 horas a 14 horas, das 20h às 9h do dia seguinte, por exemplo.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Mas, o que realmente acontece durante a prática do jejum intermitente ? A grosso modo, o seu corpo diminui a produção de insulina, mediante a utilização do seu estoque de energia, utilizando o excesso de gordura corporal. E isso acontece com a maioria dos animais, incluindo gatos, cachorros, leōes…por que conosco seria diferente?

E aí vem a seguinte pergunta, por que o corpo armazena gordura? Porque ele é tão esperto que, não sabendo quando você vai alimentá-lo novamente, ele faz reserva. Conclusão, ou seu corpo está estocando energia do alimento, ou queimando energia estocada.

Trocando em miúdos, quando você come, a energia do alimento fica imediatamente disponível para ser utilizada. Como falado, alguma energia fica estocada para ser utilizada posteriormente, em todo caso, o hormônio insulina tem uma importância-chave nesse processo.

Conclusão: comida >> produção de insulina aumenta >> estoque de açúcar no fígado em excesso é transformado em gordura (lipogenese) >> parte dessa gordura vai para outros depósitos no corpo.

Ou seja, se estamos balanceados, não ganhamos peso! E se queremos perder peso, aumentamos a queima!!!

É tudo uma questão de equilíbrio, nem comer demais o tempo todo e nem tampouco viver de luz, sem comer nem beber, a não ser que a sua opção seja essa, o que também é possível.

E percebam como, ao contrário do que muitos pensam, você ficará mais energizado e não apático!

É impressionante. Confira e me conte. No próximo artigo vou fazer um resumão dos benefícios, o que comer, o que não consumir e, o melhor de tudo: dúvidas frequentes! Me manda a sua? Só mandar uma mensagem no meu perfil: @karencoutooficial. Te espero.

Para “break fast” que, literalmente, significa quebrar o jejum, a minha sugestão é retomar a alimentação com uma refeição leve para voltar a se alimentar com gentileza. Eu normalmente tomo um copão de 500 ml de smoothie (vitamina batida sem qualquer lactose) de uma fruta (raramente misturo frutas – a digestão é mais lenta, dentre outros fatores negativos), com água de coco (às vezes, adiciono também leite de coco e linhaça hidratada) ou um sucão verde para faxinar o organismo.