Lena usa camisa Gucci e chapéu Albertus Swanepoel - Foto: Nathaniel Goldberg
Lena usa camisa Gucci e chapéu Albertus Swanepoel – Foto: Nathaniel Goldberg

“Não vejo a hora de fazer 30 anos”, diz Lena Dunham, sentada em sua varanda, comendo panquecas sem glúten e salada como almoço. A atriz e roteirista é a capa e recheio da edição de novembro da Harper’s Bazaar US.  

“Estou fixada nesse lance de idade porque acredito que quando você tem 20 anos – especialmente quando se é mulher – existe um certo tipo de tensão inerente. Me sinto sortuda porque tenho tantas coisas para fazer , e ao mesmo tempo sinto que fiz coisas incríveis antes dos 30”, explica. Lena comemora seu aniversário no dia 13 de maio. “Ainda não pensei sobre a festa”.

Depois de sua estreia na TV no longa Tiny Furniture, em 2010, ela estourou em Girls, seriado do canal HBO. Há pouco tempo escreveu seu primeiro livro, Not That Kind of Girl, e colunas para o jornal The New Yorker. “Escrevo com facilidade sobre as neuroses das jovens mulheres. Isso acontece porque também passo por elas”.

Lena usa calça Gucci pants e colar New York Vintage. Foto: Nathaniel Goldberg
Lena usa calça Gucci pants e colar New York Vintage. Foto: Nathaniel Goldberg

“Acredito que quando temos 20 anos, nos prendemos a certas coisas. Por exemplo, quando aparece uma oportunidade legal, logo achamos que nunca virá outra como esta e ela logo desaparecerá – pelo menos eu me sentia assim ”, explica. “Eu era intensa, pensava em coisas como ‘Nossa, isso nunca mais vai acontecer comigo se eu não aceitar [fazer algo].’ Convenhamos: eu sou um tipo de garota de aparência esquisita, com uma voz estranha, e o fato de eu já ter um emprego no cinema era uma loucura para mim.”

Em meio a sua panqueca sem glúten, ela senta no chão. “Quando estávamos na casa dos 24, um dos meus melhores amigos disse: ‘Eu odeio isso. Nós nunca sereremos consideramos precoces novamente.’ Mas eu pensava: ‘Eu não quero ser precoce. Eu só quero ser uma pessoa que saiba viver.’ Há uma certa tortura em ser jovem. Acho isso tão intrigante – tanto é que fiz um seriado sobre o assunto  [Girls].”

Você confere a entrevista na íntegra na edição de novembro da Harper’s Bazaar US