Lupita Nyong’o: “podemos usar a moda para fazer a diferença”

A atriz une forças ao estilista Michael Kors para ajudar a combater a fome no mundo

by redação bazaar
Foto: Arquivo Harper's Bazaar

Foto: Arquivo Harper’s Bazaar

Por Carolina Camargo, de Nova York

Depois de Kerry Washignton, 42 anos, e Kate Hudson, 40, a atriz Lupita Nyong’o, 36, vencedora do Oscar de atriz coadjuvante por seu papel em “12 Anos de Escravidão” (2013) é a nova embaixadora da campanha Watch Hunger Stop (algo como ‘Assista a Fome Parar’ em português), iniciativa do estilista norte-americano Michael Kors, 60. “Me atraiu o fato do Michael usar algo com o qual nós interagimos o tempo todo, que é moda, para fazer a diferença. Ele decidiu fazer algo a partir do que conhece melhor e está dando o exemplo para todos”, afirma Lupita.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Criada há 7 anos, a ação já doou quase 19 milhões de refeições para crianças em escolas ao redor do mundo e apoia o World Food Programme’s (WFP), da Organização das Nações Unidas. “Fome e pobreza não são levadas a sério, especialmente em países ricos como o Estados Unidos. É fácil não enxergar quem passa por esses problemas. A fome não é sexy. Uma em cada nove pessoas no mundo não sabe quando será sua próxima refeição. São cerca de 821 milhões de pessoas. É muita gente! Acabei de ler um livro com um poema que diz: ‘Não temos outro lugar para olhar que não seja para nossas mãos e podemos fazer tanto com elas!’”, afirmou a atriz durante evento na ONU, em Nova York, realizado na última segunda-feira, dia 21.

Foto: Arquivo Harper's Bazaar

Foto: Arquivo Harper’s Bazaar

Em um bate-papo, com a participação de Kors, da poeta e ativista Cleo Wade, 40, e de Antonella D’Aprile, diretora do WFP na Nicaragua (um dos países da América Latina beneficiados pelo projeto), Lupita relembrou de sua infância e criação. “Caridade começa em casa. Eu fui educada para considerar a filantropria como sendo uma responsabilidade minha como ser humano. Via o exemplo dos meus pais e aprendi. Fui voluntária em uma instituição de crianças com HIV e em asilos. Sempre tive muita alegria em ajudar. Nunca foi um esforço. Estou animada para poder fazer isso com meus filhos”, contou Lupita, que estava acompanhada por sua mãe, Dorothy, e acaba de lançar um livro infantil chamado Sulwe.

Como ajudar

Foto: Arquivo Harper's Bazaar

Foto: Arquivo Harper’s Bazaar

Todo mês de outubro, a Michael Kors lança uma edição especial de produtos com 100% da renda revertida para o programa Watch Hunger Stop. Em 2019, estão sendo vendidas camisetas (US$ 49 cada) e uma bolsa de tecido (US$ 59) com a palavra LOVE (Amor). Além disso, durante este mês, os clientes podem fazer doações em dinheiro diretamente nas lojas da grife ao redor do mundo. “Se você simplesmente tomar a decisão de não tomar um café de manhã e doar, isso chega tão longe! Especialmente quando você vê os resultados”, afirma Lupita.

Segundo Kors, com o valor de uma bolsa é possível alimentar 100 crianças. “Sou muito pragimático e gosto de ver resultados. Podemos arregaçar as mangas e fazer algo para resolver o problema da fome no mundo. Temos de fazer a diferença. É muito mais do que apenas entregar a comida. Estamos mudando o modo como as futuras gerações vão viver. Em muitos lugares, estamos conseguindo fazer com que meninas frequentem a escola”, afirma o estilista.

Leia mais:
Mulheres que Inspiram: Jane Fonda luta por mudança no meio ambiente
Lupita Nyong’o é embaixadora do “Watch Hunger Stop”
Lupita Nyong’o: cinco penteados da atriz para se inspirar