Foto: Getty Images

O governo francês luta para equipar seus profissionais de saúde com máscaras cirúrgicas, e a LVMH, dona de marcas como a Louis Vuitton e Givenchy, entra mais uma vez em ação. Depois de reorganizar as fábricas de perfume para produzir álcool em gel, distribuído gratuitamente, para ajudar a combater a disseminação do coronavírus, o grupo anuncia hoje que encomendou 10 milhões de máscaras cirúrgicas a um fornecedor chinês, e que planeja renovar o pedido a cada semana, pelo próximo mês.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

“Para garantir esse pedido durante um período extremamente tenso e para garantir que a produção comece hoje, Bernard Arnault (CEO da LVMH) vai financiar, por meio da empresa, toda a primeira semana de entregas, no valor de 5 milhões de euros (cerca de R$ 27 milhões)”, disse a empresa em comunicado divulgado neste sábado (21.03). O grupo gerenciará a cadeia de suprimentos, o transporte e a entrega das máscaras

A LVMH anunciou na semana passada que todas as instalações de produção das marcas de perfumes e cosméticos do grupo, incluindo Parfums Christian Dior, Guerlain e Parfums Givenchy, produziriam frascos de álcool em gel na França, distribuídos gratuitamente, com hospitais parisienses em prioridade.