Foto: Divulgação

Depois de ser vítima de um atentado talibã enquanto estava dentro de um ônibus escolar, Malala Yousafzai marcou uma geração ao se tornar voz de diversas meninas que buscam apenas um direito: acesso a educação de qualidade. Ganhadora do Prêmio Nobel da Paz em 2014 – a mais jovem na história da premiação -, ela acaba de se formar em Filosofia, Política e Economia pela Universidade de Oxford.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Neste domingo (12.07), Malala tem mais um motivo para comemorar: a ativista está completando 23 anos. Para celebrar seu aniversário, veja 10 frases marcantes presentes no livro da ativista, “Eu Sou Malala – A história da garota que defendeu o direito à educação e foi baleada pelo Talibã”:

Educação

Foto: ReproduçãInstagram/@malala

“Uma criança, um professor, um livro, uma caneta pode mudar o mundo.”

“Nos deixe pegar nossos livros e nossas canetas, eles são as armas mais poderosas.”

“Educação é nosso direito básico. Não apenas no ocidente; Islã também nos deu este direito. O Islã diz que toda garota e todo garoto dever ir à escola. No Alcorão está escrito: Deus quer que nós tenhamos conhecimento. Ele quer que nós saibamos porque o céu é azul e sobre oceanos e estrelas. Sei que é uma grande luta – ao redor do mundo há cinquenta e sete milhões de crianças que não estão na escola primária, trinta e dois milhões delas são garotas.”

“O Talibã pode tirar nossos livros e canetas, mas não pode impedir nossa mente de pensar.”

“Com armas, você pode matar terroristas. Com educação, você pode acabar com o terrorismo.”

Empoderamento

Foto: ReproduçãInstagram/@malala

“Conto minha história não porque ela é única, mas porque não é. É a história de várias garotas.”

“Nenhuma luta pode ter sucesso sem mulheres participando lado a lado com os homens. Há dois poderes no mundo: um é a espada e o outro a caneta. Há um terceiro poder mais forte que os dois: o das mulheres.”

“No Paquistão, quando uma mulher diz que quer independência, pessoas pensam que isso significa que não queremos obedecer nossos pais, irmãos ou maridos. Mas não significa isso. Significa que queremos tomar decisões por nós mesmas. Queremos ser livres para ir à escola ou ao trabalho. Em nenhum lugar do Alcorão está escrito que uma mulher deve depender de um homem. A palavra não desceu dos céus para nos dizer que toda mulher deve ouvir a um homem.”

Política

Foto: ReproduçãInstagram/@malala

“Você pode pertencer a qualquer religião, casta ou credo – isso não tem nada a ver com os negócios do Estado.”

“A ignorância permitiu que políticos enganassem pessoas e que maus administradores fossem reeleitos.”