Mari Gomiero – Foto: Divulgação

Diretora artística da Mynd, Mari Gomiero também é responsável pelo núcleo de funk da agência. Ela bateu um papo exclusivo com Bazaar sobre o retorno dos shows, a inclusão de músicos do gênero na publicidade e muito mais. Leia abaixo:

Com a volta dos shows, como está o movimento das apresentações pelo Brasil?

O funk ganha força de novo, porque as pessoas estão em êxtase por viver esse momento tão esperado, pós-vacina. A exemplo disso, MC Hariel – um dos principais nomes da cena hoje – se apresentou em novembro no Espaço das Américas (São Paulo), e os ingressos se esgotaram em duas horas com mais de 6 mil pessoas na fila virtual. Além disso, o público agora pode finalmente curtir um show ouvindo a música “Bipolar” (MC Pedrinho, MC Davi e MC Don Juan), que foi um dos maiores hits durante a pandemia e viralizou com muita força no TikTok.

Quais são os artistas da Mynd que têm sido mais solicitados desde e a abertura?

1. Kevinho: por ser um dos maiores nomes do funk, está sempre nas paradas.
2. Jottape: além dos hits, estreou a segunda temporada da série “Sintonia”, que ficou por semanas nos mais vistos da Netflix.
3. Kekel: é um dos mais respeitados nomes do funk na publicidade. Além de ser dono de hits que até hoje bombam nas festas, tem um lado família que atrai muitas marcas.
4. MC Hariel: um dos nomes mais promissores do funk. Trouxe o holofote para o funk consciente com o hit “Ilusão”, gravado com Alok. A quantidade de relatos de jovens deixando as drogas depois de ouvir a canção é impressionante. Então para as marcas que querem conversar com esses jovens, recomendamos a força do Hariel.
5. MC Dricka: mulher, preta, periférica, lésbica e dona de hits. Com apenas 22 anos, foi indicada ao BET Awards como melhor novidade internacional e teve o rosto e o nome exposto na Times Square.

Em relação às marcas, elas têm se aberto mais ao universo do funk? Pode dar alguns exemplos?

Levamos sempre ao conhecimento das marcas os nomes de maior destaque da cena. Acima, exemplifiquei apenas quatro, mas existem gigantes do funk que não foram citados. Eles estão finalmente ganhando o merecido espaço. Dricka e Hariel lançando campanha para a Lacoste, por exemplo. Uma marca tradicional que não havia se aproximado antes desse público, hoje já sinaliza um esforço tremendo para fechar contratos anuais com artistas do gênero. Kevinho e Lexa relançando um dos perfumes mais vendidos de O Boticário. Jottape lançando campanha para a Nubank. Uma instituição bancária nunca antes havia se aproximado do gênero, e, hoje, é um dos segmentos mais procurados, já que o funk conversa com os jovens. Mc Dricka para Guaraná Antártica – ela não só entregou um filme publicitário como também uma participação especial na série “Farofadas de Natal” do GloboPlay. Dricka, que jamais havia atuado, entregou tudo como atriz, junto ao Sérgio Loroza e à Solange Couto.

Você se arrisca a opinar quais serão os hits do verão 2022 quando o assunto é funk?

Fica difícil opinar diante de tanta música boa saindo. Mas poderia deixar vocês atentos aos nomes: MC Danny (que já é um dos maiores destaques musicais da atualidade), Mc Mari, DJ GBR e Matheuzinho.