Os criadores do projeto Marmita do Bem – Foto: Divulgação

O restaurante Jamile criou uma força-tarefa para atender moradores em situação de rua e de vulnerabilidade. Idealizada pelos sócios Alberto Hiar, Anuar Tacach e o chef Henrique Fogaça, a campanha Marmita do Bem distribui diariamente cerca de 200 refeições e conta com a ajuda de pessoas físicas e jurídicas.

Até o momento, já foram arrecadados R$ 85 mil, por meio da vaquinha online criada no Kickante, e cerca de 40 quilos em produtos doados por empresas e restaurantes como a Wyda Embalagens, Perfil JD Foods, Olive Garden Brasil, Búfala Almeida Prado, Águas Petrópolis e a Maximum Fight.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Produzidas na cozinha do Jamile e distribuídas em parceria com a ONG Pimp My Carroça, criada pelo grafiteiro e ativista Mundano, o projeto extrapolou o Bixiga.

“A distribuição das marmitas tem sido feita com todos os equipamentos de proteção contra o contágio do coronavírus, e nos unimos a voluntários que conhecem as regiões mais complexas da cidade, como a Cracolândia. Os moradores de rua vivem em uma situação de total vulnerabilidade e o nosso papel é ajudá-los”, diz Hiar.

“Nós criamos a campanha Marmita do Bem nesse momento crítico, pois os moradores em situação de rua é uma realidade e eles precisam de nós. O nosso objetivo é alcançar 10 mil marmitas/mês, e, principalmente, se todos continuarem colaborando, apoiando e doando podemos continuar com o projeto.”, afirma Tacach.

E o resultado já é gratificante. “Sabendo que a Marmita do Bem está confortando muita gente, eu só posso dizer que o meu sentimento é de gratidão”, revela Fogaça, que também é um dos jurados do MasterChef.

Reinaldo Gianechini, Luciana Gimenez, Igor Cavalera, João Gordo, Rodrigo Tozzi e Vivi Orth apoiam o projeto desde o início.