Travis St. German - Foto: Gabi Porter
Travis St. German – Foto: Gabi Porter

Na noite de hoje (28.01), o MEE, restaurante pan-asiático do Copacabana Palace, recebe o nova iorquino Travis St. German, que apresentará aos convidados dois drinks criados especialmente para a ocasião. Jets to Brazil e Walkind Dead são feitos a base de cachaça Yaguara. O jantar, organizado pela chefe Jessica Sanchez, acontecerá a partir das 21hrs.

Abaixo, a entrevista exclusiva com Travis, barman do The Clover Bar:
Harper’s Bazaar: Por que o nome Walkind Dead?
Travis St. German: Sou muito fã da série e escolhi esse nome porque o drink é uma variação do clássico Zombie, que leva três tipos de rum. Para a minha versão, substituí os três por apenas um tipo de cachaça.

HB: Essa é a sua primeira vez na cidade?
TSG: Estive no Rio há cerca de nove anos, mas a passeio. Dessa vez é diferente. Estou muito curioso para ver o que os bartenders da cidade criam com cachaça, além de conhecer ingredientes locais e me inspirar com as lindas paisagens e, claro, com as pessoas também.

HB: O que você acha da famosa caipirinha brasileira?
TSG: É um drink ótimo, saboroso e fácil de preparar em casa. Com apenas três ingredientes conseguiu tornar a cachaça conhecida no mundo inteiro! A partir disso, temos potencial para mostrar cada vez mais o potencial da cachaça, em outros drinks.

HB: Alguma chance de você criar um drink em homenagem a alguma série ou personagem brasileiro?
TSG: Ainda não tive a oportunidade de assistir à nenhuma série brasileira, mas tenho muita vontade de criar algo especial com um personagem daqui. Estou me familiarizando com a cultura brasileira e sei, por exemplo, da importância das novelas no Brasil. Estou conhecendo várias regiões do país, tendo contato com vários personagens da vida real e estou cheio de inspirações. Agora é só uma questão de tempo.

Mee Copacabana Palace - Foto: Divulgação
Mee Copacabana Palace – Foto: Divulgação