Foto: Reprodução/Instagram
Foto: Reprodução/Instagram

Com tudo o que está acontecendo aqui e no mundo, a moda é uma das melhores maneiras de as pessoas se posicionarem sobre temas importantes ou banais. Moda, antes de tudo, é uma forma de comunicar criatividade, gosto, opinião e diferentes posicionamento, sejam eles políticos, religiosos, de direitos e outros.

Um bom exemplo disso são manifestações e atos populares, quando pessoas exibem desenhos e cores específicas que representam de que lado estão e como pensam. Até a nudez, como forma de protesto, comunica.

É importante mostrar apoio a causas que buscam um mundo melhor e mais igualitário, e a roupa diz muito. O problema é que, às vezes, uma peça mal escolhida pode causar revés e gerar desconforto social a quem está usando o modelo inadequado.

Foto: Reprodução/Instagram
Foto: Reprodução/Instagram

Foi o que aconteceu nesta quinta-feira (21.06) com Melania Trump, mulher do controverso presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Decidida a visitar crianças que foram separadas dos pais por conta da imigração ilegal no território americano – a ordem de separar pais e filhos partiu do presidente Trump, mas foi revogada ontem pelo Congresso americano -, Melania errou feio.

Ao entrar no jato particular da família que a levou até as crianças “punidas” por Trump e que chocaram o mundo com suas lágrimas e gritos aflitos chamando pelos pais, a moça exibiu ao mundo (sabe-se lá por que razão, tampouco por que nenhum assessor a avisou da agressiva gafe) uma parka com a frase: “I really don’t care do u?” (“Eu realmente não me importo, e você?”, em tradução livre).

Não precisou mais do que uma simples peça de roupa para causar reações imediatas de indignação e protesto na internet, onde Melania foi acusada de “alienação”, entre outras coisas bem piores.

Capa da revista americana "Time" em resposta às duras políticas de imigração - Foto: Divulgação
Capa da revista americana “Time” em resposta às duras políticas de imigração – Foto: Divulgação

Portanto, use a moda para se comunicar, se esse for o caso, mas sempre leia o que está escrito antes de vestir uma peça e sair publicamente. Ninguém é obrigado a saber que sua escolha de roupa foi aleatória ou proposital.

Ps. A peça em questão é da marca Zara, custa US$ 39 (cerca de R$ 150) e está esgotada.