Chloé Zhao e Emerald Fennell – Fotos: Getty Images

O anúncio dos concorrentes ao Oscar 2021 trouxe uma ótima surpresa: duas mulheres indicadas na categoria de melhor direção, que geralmente só tem homens. Em 92 anos de Oscar, apenas cinco mulheres foram indicadas ao prêmio – e somente uma delas levou a estatueta para casa: Kathryn Bigelow, pelo filme “Guerra ao Terror”, de 2008.

Hoje a coluna “Mulheres que Inspiram” é dedicada às duas diretoras indicadas. Descubra a trajetória de Chloé Zhao e Emerald Fennell:

Chloé Zhao

A diretora chinesa Chloé Zhao já fez história este ano no Globo de Ouro, arrematando os prêmios de melhor direção e melhor filme de drama por “Nomadland”. O longa-metragem também venceu, em setembro de 2020, o Festival de Veneza.

Aos 38 anos, ela é um dos maiores nomes em ascensão em Hollywood – mesmo com uma pequena filmografia. Chloé tem apenas outros dois filmes no currículo: “Songs My Brothers Taught Me” (2015) e “Domando o Destino” (2017).

Ela se mudou para Londres ainda na adolescência e estudou ciências políticas em Massachusetts, mas sua obsessão por contar histórias de política relacionada à vida das pessoas a fez estudar cinema. Ela se graduou então pela famosa universidade de Nova York e estreou seu primeiro curta, “Post”, em 2008.

Emerald Fennell

Emerald Fennell ganhou fama internacional ao interpretar Camila Parker Bowles, atual mulher do príncipe Charles, na terceira temporada da série “The Crown“. Multiartista, além de atuar ela escreve, dirige e produz.

Nascida e criada em Londres, a artista de 34 anos se formou em inglês pela Universidade de Oxford, onde começou a atuar no teatro. Ela fez sua estreia na direção de curta-metragem com “Careful How You Go”, exibido em Sundance em 2018. Além de marcar sua primeira experiência como diretora, o filme a uniu com outra britânica: a atriz Phoebe Waller-Bridge. A parceria das duas não parou por aí, e Emerald foi indicada por Phoebe para assumir o roteiro da segunda temporada da série “Killing Eve”, indicada a dois Emmys.

Antes de atuar em “The Crown”, Emerald já acumulava alguns créditos em filmes como “A Garota Dinamarquesa” (2015) e “Anna Karenina” (2012).