Mulheres que Inspiram: Jane Fonda luta por mudança no meio ambiente

A atriz clama por mundaças em escala global

by Beatriz Poletto
Foto: Reprodução/Harper's Bazaar

Foto: Reprodução/Harper’s Bazaar

Na última sexta-feira (11.10), Jane Fonda, aos 81 anos, foi presa em Washington ao protestar contra as mudanças climáticas. Inspirada por Greta Thunberg, a ganhadora de duas estatuetas do Oscar se mudou para o estado, onde ficará por quatro meses, para lutar pela proteção do meio ambiente. Nesta segunda-feira (14), a atriz, fashionista e musa fitness é a personagem da coluna “Mulheres que Inspiram“.

Veja a seguir:

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM 

Em seu perfil no Instagram, Jane explicou sua iniciativa: “decidi parar a minha vida e me mudar para Washington, onde lutarei pelos direitos do meio ambiente”. A americana defende organização “Fire Drill Friday“, criada por ela mesma, que tem como objetivo chamar a atenção dos políticos e exigir ações imediatas. Como ela mesma diz: “nós temos o dinheiro e a tecnologia para a mudança, o que falta é fazer com que os políticos entendam e apoiem a nossa causa”.

Até janeiro de 2020, Jane e sua iniciativa estarão em frente ao senado americano para protestar. Entre os membros estão celebridades, ativistas e pessoas que entendem a importância da causa. Afinal, conforme Jane e Greta, não podemos mais esperar. Precisamos agir.

A atriz também afirma que a questão do clima não é isolada: ela afeta nossa economia e sociedade. Por isso, dentro do projeto existe o “Green New Deal” – um acordo que envolve mudar radicalmente a maneira como pensamos e agimos. Desta maneira, Jane espera uma mudança significativa até a próxima década.

Além deste novo acordo, a organização pede por mais quatro mudanças. São elas o respeito das terras indígenas, justiça ao meio ambiente, proteção e manutenção da biodiversidade e a implementação de uma agricultura sustentável em todo o mundo.

Jane Fonda usa Balmain em 2018 - Foto: Getty Images

Jane Fonda usa Balmain em 2018 – Foto: Getty Images

Leia mas:
Mulheres que Inspiram: Halima Aden luta pela representatividade 
Editorial: Silvia Braz passeia pelos jardins da Dior 
Lupita Nyong’o é embaixadora do “Watch Hunger Stop”
Bruna Linzmeyer fala da luta em favor das lésbicas
LuxuryLab: resumo do melhor da edição paulistana
Kim Ji-soo: cantora representa a cultura pop coreana
Agatha Moreira e Rodrigo Simas sobre filhos: “Vocês são muito apressados!”
Helena Bordon se aventura pela informação de moda e arrasa no estilo