Hi-low: Natalie usa camiseta (R$ 320,90), Talie NK, saia de chamois Proenza Schouler e spadrille (R$ 990,90) , Talie NK - Foto: reprodução Bazaar
Hi-low: Natalie usa camiseta (R$ 320,90), Talie NK, saia de chamois Proenza Schouler e spadrille (R$ 990,90) , Talie NK – Foto: reprodução Bazaar

Por Vívian Sotocórno

Discreta, moderna e cool. Natalie Klein é o reflexo da loja que fundou, há quase duas décadas, aos 21 anos. Ou melhor, a NK Store é real reflexo de sua criadora. Ostentação zero, identidade mil. É essa a combinação que fez de seu business um império, do tipo que reúne duas linhas próprias, um shop in shop da editora de livros francesa Assouline e seleção apuradíssima de importados: com a mesma desenvoltura da dona, mistura de Proenza Schouler a Birkenstock (duas das novidades que desembarcam por lá ainda este ano).

 

Preto no preto: Natalie veste blusa e saia de couro Saint Laurent e botas Chloé - Foto: reprodução Bazaar
Preto no preto: Natalie veste blusa e saia de couro Saint Laurent e botas Chloé – Foto: reprodução Bazaar

Muito em breve, a marca vai chegar também às araras de uma rede fast fashion. Parceria secretíssima, por ora, e apenas um dos planos de Natalie, que segue cheia de projetos, mesmo sem o antigo expediente de trabalho, que beirava 14 horas diárias. “Desde que meus filhos nasceram [Ava tem 4 anos, Ezra, 3], são eles que ditam minha rotina. Aprendi a delegar tarefas e a separar o que é urgente do que pode ser resolvido depois”, reflete, com sabedoria.

Em sentido horário, a partir do topo à esquerda: brincos Lanvin (R$ 3.240); colar Aurélie Bidermann; saia Talie NK (R$ 990); óculos Salvatore Ferragamo (R$ 990); e pulseira Talie NK (R$ 990) - Fotos: reprodução/ Bazaar
Em sentido horário, a partir do topo à esquerda: brincos Lanvin (R$ 3.240); colar Aurélie Bidermann; saia Talie NK (R$ 990); óculos Salvatore Ferragamo (R$ 990); e pulseira Talie NK (R$ 990) – Fotos: reprodução/ Bazaar