Foto: reprodução
Foto: reprodução

Ao contrario do que a maioria das pessoas pensa, o consumo de álcool, tabagismo e excesso de comida não afetam sua produtividade, desde que você tenha bastante sono, de acordo com nova pesquisa.

Um estudo feito com cerca de 21 mil homens e mulheres encontrou que os funcionários seriam menos produtivos do que o habitual no trabalho, se eles tivessem menos de sete horas de sono por noite. Surpreendentemente, a quantidade de álcool, cigarros e alimentos que os participantes tinham consumidos não faria diferença no seu ritmo de trabalho.

Cientistas da Universidade de Cambridge e de Rand Europe utilizaram dados recolhidos a partir de uma pesquisa com funcionários de empresas que participaram do Vitality Health’s ‘Britain’s Healthiest Company‘, para chegar as suas conclusões. Eles descobriram que aqueles que dormiam seis horas ou menos por noite eram notavelmente menos produtivos do que aqueles que dormiam o recomendado, de sete à oito horas de sono por noite. Eles também descobriram que as pessoas com problemas de saúde mental, preocupações financeiras e aqueles que não fazem exercícios também tem taxas de produtividade menor que a dos outros.

No entanto, o consumo de álcool, tabagismo e excesso de comida não foram encontrados como fatores determinantes ou ligados a produtividade. No lado positivo, esta notícia significa que nunca precisa dizer não para oportunidades de sair para beber durante a semana (desde que haja um toque de recolher para que você tenha suas oito horas de sono). Mas o lado ruim, qualquer um que gostava de usar a desculpa “eu bebi muito na noite passada” para não fazer nada, foi oficialmente desmascarado. De volta ao trabalho pessoal!