Ele ligou todo animado com aquele papo de, “Ah, ela é demais, você vai adorá-la” então marcamos um encontro. Uma mesa para quatro foi reservada por mim num restaurante aqui perto de casa, mas como não gosto de ser pega de surpresa, fui obter mais informações sobre a minha mais nova futura amiga no facebook, afinal, qual é a real função de ser ter um perfil por lá? Fazer isso sozinha é chato, então liguei pra Leka que simultaneamente digitava o nome da menina em seu facebook.

-Carregou aí?

-Calma, Leka. A internet hoje tá difícil viu…

-Nossa, ela gosta de Jazz!

-Carregou! Jazz?

-Cá, imagina a gente na casa dela tendo que curtir um Jazz?

-Ah, não Leka… odeio Jazz. Quantos amigos ela tem em comum com você?

-Vinte e seis.

-Vinte seis? Como assim? Comigo ela só tem treze!

-Ela fez Belas Artes… é por isso.

-Você não lembra dela lá?

-Não. Também, ela é de 86 só se eu tivesse repetido todos os anos…

-Nossa, 1986? Cara… a gente tá velha.

-Você viu que ela é amiga do Marcelo?

-Vi, nada a ver. Aposto que ela já ficou com ele.

-Bom, quem não ficou com ele?

-Eu!

-Sério Camila?

-Ah não, olha a foto 16 do álbum “Momentos”.

– Calma Cá, tô na 14 ainda…

-Pula a 15 que não vale a pena.

-Cheguei… olha, se isso não for no réveillon ela é muito brega.

-Ela é brega sim, olha a foto 14 do álbum “Vida”.

-Camila, você olha as fotos muito rápido, tem que ver com calma, analisar a riqueza de detalhes.

-Que jeans é esse?

-E o colar?

-Tô vendo o mural…

-Alguma coisa legal?

-Nossa… ela chama as amigas de amigues!

-Nem vai nesse jantar então…

-Não dá, já marquei. Mas amanhã ligo pra te contar.

No dia seguinte.

-Camila, acabei de ver que você adicionou a menina no facebook!

-Ai amigues, ela é muito fofa, você vai adorá-la! E você não sabe, ela é prima o Marcelo!

Talvez o facebook não sirva pra nada.