Adorada pelos brasileiros, a pipoca é um alimento muito presente na vida de todas nós, não é mesmo? Alguém consegue imaginar aquele cineminha sem um saco de pipoca para assistir a um filminho? Sem contar que ela é presença obrigatória nas festas infantis e até mesmo na porta das escolas.

Kendall Jenner e Bella Hadid - Foto: Pop Sugar
Kendall Jenner e Bella Hadid – Foto: Pop Sugar

Mas o fato é que, apesar de toda essa veneração, ainda olhamos para a pipoca com um certo receio por ser um alimento visto por muita gente como sinônimo de muitas calorias. Mas, de acordo com a nutricionista Fernanda Freire, a boa notícia é que a pipoca pode ser muito nutritiva e uma importante aliada de quem deseja perder aqueles quilinhos indesejáveis.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A especialista explica que a pipoca é um grão integral com uma grande quantidade de fibras que auxiliam no trânsito intestinal, deixam o sistema digestivo mais saudável e previnem a constipação, diverticulite e hemorroidas, além de manter o indivíduo saciado por mais tempo.

Estudos já demonstraram que alimentos integrais ajudam a regular o nível de açúcar no sangue, uma vez que retardam sua absorção, tornando-a mais lenta. Fernanda Freire acrescenta que, aliado a tudo isso, a pipoca possui um carboidrato chamado amido resistente, que se comporta como fibra no nosso organismo, sendo absorvido lentamente; além de ser fermentado no intestino por bactérias benéficas, trazendo assim maior saúde ao trato intestinal e consequentemente ao organismo em geral.

Não bastassem todos esses benefícios, a nutricionista lembra que a pipoca também é riquíssima em antioxidantes, substâncias que combatem radicais livres produzidos diariamente no nosso corpo, e grande aliada no combate ao envelhecimento precoce e na prevenção de doenças cardiovasculares e câncer, pois defende as células sadias do organismo contra a ação dos radicais livres.

Mas, cá entre nós, uma verdade precisa ser dita. Ela realmente é calórica, porém as calorias não são vazias como de tantos outros snacks que vemos por aí. E, se aliada à um bom planejamento alimentar, toda essa energia nela contida poderá ser muito bem utilizada, até mesmo como pré-treino, pois devido aos benefícios já citados, a sua oferta de energia será feita ao longo de todo o treino, mantendo a potência sempre alta.

Fernanda Freire ressalta que para aproveitar melhor todos os benefícios, o ideal é preparar a pipoca de panela, uma vez que a maioria das pipocas de microondas que encontramos nos mercados possuem alto teor de gordura vegetal para conservação dos grãos, sódio e demais aditivos alimentares, que causam efeitos adversos à saúde, principalmente das crianças. Fiquem sempre atentas ao rótulo!

A melhor forma de preparar é com poucas gotas de óleo na panela ou utilizando envelopes ou sacos de pão no microondas. Para otimizar ainda mais o consumo de pipoca, segue uma receitinha de pipoca termogênica, ideal para o consumo pré-treino :

 

–     1/2 xícara de chá de milho para pipoca

–     1 colher de sobremesa de páprica picante

–     1 colher de sobremesa de pimenta

–   1 colher de sobremesa de cúrcuma

–     1 colher de sobremesa de óleo de coco

Adicione todos os ingredientes na pipoqueira ou na panela normal e mexa até estourar completamente.