Para as celebrações de fim de ano: conheça o vinho Brunello di Montalcino
Foto: Pexels

2020 foi um ano atípico para todos os brasileiros, mas manter as comemorações, por mais restritas e intimistas que devem ser, é um passo importante para não passar a data em branco e manter as boas vibrações para o ano que está por vir. Por isso, há poucos dias para o Natal e Réveillon deste ano, começam os preparativos para as celebrações em família ou com poucos amigos.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

O vinho é um dos itens indispensáveis para o Natal, enquanto os espumantes são mais procurados para a virada do ano. Na ceia natalina, os pratos costumam ser mais estruturados e, por este motivo, podem combinar muito bem com vinhos tintos, que são mais robustos também. Conheça abaixo o Brunello di Montalcino, vinho tinto italiano com fama mundial.

Vinho Brunello di Montalcino

Produzido com uma variação da uva Sangiovese, a Sangiovese Grosso, o vinho Brunello di Montalcino é um dos vinhos tintos italianos mais aclamados e reconhecidos mundialmente.

É um vinho europeu produzido na região de Toscana, na comuna de Montalcino, província de Siena, ao sul da Itália. Sua primeira produção deu-se a partir de estudos de um farmacêutico chamado Clemente Santi — um dos ancestrais da família Biondi Santi, tradicional vinícola da Itália — no século XIX.

Apaixonado por viticultura, Santi passou a estudar as variedades de uvas da região e seus possíveis clones. Por meio disso, clonou as uvas Sangiovese, dando origem às uvas Sangiovese Grosso — localmente conhecidas por Brunello, devido à sua cor mais escura do que os outros tipos de uva.

O vinho Brunello di Montalcino foi produzido por Ferruccio Biondi-Santi, o neto de Clemente. Desde o início, o vinho tinto trouxe excelente qualidade e pode-se observar também sua longevidade ao longo dos anos. Este vinho ganhou tanto destaque que, em 1980, foi o primeiro vinho do país a ganhar o selo DOCG (Denominação de Origem Controlada e Garantida).

Como harmonizá-lo com comida?

Os conceitos de harmonização da bebida com alimentos podem ser ensinados em cursos de vinho em SP. Contudo, há alguns truques que podem e devem ser utilizados no dia a dia. “Por ser um vinho tinto marcante, o Brunello di Montalcino harmoniza bem com acompanhamentos igualmente fortes, que ajudam a ressaltar ainda mais seus sabores e qualidades imprescindíveis”, explica Eric Ferreira, fundador da Del Vino Wine Club, escola que promove cursos de vinho e organiza confrarias.

A dica, então, é optar por carnes vermelhas leves ou de caça, como de javali, que trazem aspectos exóticos e complexos, igualmente ao vinho. Aves nobres, temperos e molhos intensos, trufas e cogumelos também harmonizam bem com a bebida. Queijos in natura, como parmesão, provolone e gruyère combinam bem com o Brunello di Montalcino, assim como pratos produzidos com estes queijos.