A modelo Samile Bermannelli, da Mega Model Brasil e Elite NYC – Foto: Alex Cayley, com beleza de Christyna Kay, edição executiva de Filipa Bleck e direção de arte de Charles Ville

Em um mês de paralisia social e de recolhimento, Bazaar rebate com cor e ousadia, e aposta na reinvenção do caos. Esse é o texto do abre de moda da edição de abril, que você vai ver mais adiante e que serve como uma luva para a introdução deste exemplar que você pode baixar gratuitamente em aplicativos de Android e iOS.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Pauta feita antes de afivelar as malas a caminho de Milão para assistir aos desfiles de inverno 2020, decidido estava que a ideia de caos amarraria a edição. Caos que cabe a Bazaar apontar, obviamente. Aquele que se sobrepõe a ideias, estilos e cores. Que aparece nas contradições de direcionamentos e de tendências que o mundo aponta e nos desnorteia.

Achar um fio condutor em meio a isso tudo foi a missão. Sim, afinal, a tragédia já estava anunciada no mundo desenfreado em que estávamos e no qual seguimos mergulhados. Problemas ambientais, sociais, econômicos e políticos nocauteados pela Covid-19, que coroou o planeta com uma crise sanitária que não se via igual há mais de um século.

Afastados uns dos outros, procuramos saídas por meio virtual, enquanto valorizamos, mais do que nunca, o contato humano. E se o resgate de valores essenciais já vinha sendo provocado pela geração Z, agora passou a ser uma realidade simplesmente vivenciada por todos nós. Sentimentos que andavam embaçados em meio a tanto frenesi ganham espaço neste momento de isolamento.

O respeito, o zelo com o outro, a empatia com o coletivo. Apesar da interrupção abrupta a que o mundo se submeteu, apesar dos prejuízos, alguns irreparáveis, sairemos mais atentos e mais humanos dessa jornada. Munidos de garra e criatividade, nós, da Bazaar, arriscamos várias possibilidades para esta edição chegar intacta a você, ainda que praticamente só no online.

Tentamos uma matéria de capa feita à distância, que deu certo, mas não foi aprovada pela protagonista. Tivemos de desistir. Fizemos e desfizemos matérias que os pareceram sem sentido para o momento atual. Finalizamos, em home office, nosso trabalho em equipe.

E, finalmente, chegamos a este resultado, tendo em mente nossa maior vocação: entreter, informar e fazer sonhar. Desejamos que desfrute e compartilhe. Cuide-se bem! Obrigada.

Harper’s Bazaar de abril está disponível gratuitamente para download na store do seu Android ou iOS. Fique em casa!