Foto: Adriano Damas, com direlçao criativa de Thiago Batista, edição de moda de Rodrigo Yaegashi, styling de Bruno Uchôa, beleza de Max Weber, tratamento de imagem do Studio Bruno Rezende, assistência de fotografia de Arthur Vahia, assistência criativa de Chloè Yuki e de moda de Maria Flevy e Larissa Romano

Por Patricia Carta

Em tempos difíceis, são exemplos de perseverança, entusiasmo e otimismo que precisamos. E, nesta edição online de Bazaar, isso é o que não falta! Assim como não faltam exemplos de criativos provocativos, de educadoras porretas, de ativistas revolucionárias.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Basta arrastar o dedo para o lado para deparar-se com novos ou icônicos talentos. Sem falar, que, aqui, temos também o exemplo obstinado e vibrante de Thelminha, médica e vencedora do BBB. Nossa deusa, digo, nossa capa.

Nesta Bazaar, só entram iniciativas inovadoras, de pequenas a grandes marcas de moda, estilos de vida guerreiros e intensos. E, claro, muita gente que sacode a poeira e dá a volta por cima. Afinal, estes tempos, que nos obrigam a lidar com desgovernos acachapantes, clamam por paz.

Foto: Adriano Damas, com direlçao criativa de Thiago Batista, edição de moda de Rodrigo Yaegashi, styling de Bruno Uchôa, beleza de Max Weber, tratamento de imagem do Studio Bruno Rezende, assistência de fotografia de Arthur Vahia, assistência criativa de Chloè Yuki e de moda de Maria Flevy e Larissa Romano

Tempos difíceis, que nos ensinam a conviver com tantas perdas, pedem amor. Tempos difíceis, que expõem desigualdades tão gritantes, reivindicam luta.

Estamos, sim, mais intolerantes a falcatruas, a ataques ao meio-ambiente e a injustiças sociais. Não há espaço para invisibilidade, nem para o silenciamento imposto por séculos. Bazaar não quer se calar. Mas, mais que isso, queremos muito ouvir e aprender. Vamos?