Kylie e Kendall Jenner – Foto: Arquivo Harper’s Bazaar

A necessidade de isolamento social cancelou os planos de viagem de muita gente. No entanto, com mais tempo em casa e a família reunida, é possível manter as pesquisas por novos destinos, passagens aéreas promocionais e pacotes turísticos como uma forma de ocupar o tempo, além de pensar em novas atividades e sair o máximo possível da rotina.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Uma boa pedida para os que amam conhecer diferentes culturas é viajar por meio dos sabores. A culinária brasileira por si só é uma grande mistura dos costumes de povos do mundo todo, mas há uma imensidão de outros pratos vindos de diferentes continentes que pode ser uma aventura para o paladar. Veja quatro delícias que talvez você não conhecesse para preparar em casa ou pedir por aplicativos.

Crumble

Crumble com geléria – Foto: Pixabay

Essa sobremesa saborosa e crocante foi criada na Grã-Bretanha, na Europa, durante a Segunda Guerra Mundial. Como não havia ingredientes para as tortas tradicionais, começou a se usar uma simples mistura de farinha, margarina e açúcar para a cobertura.

Ela pode ser feita basicamente com uma massa de aveia e recheio de diferentes frutas. A mistura é levada ao forno, o que resulta em uma superfície crocante e meio macia. A receita pode ser adaptada para a fruta que você tiver em casa – algumas que combinam muito bem com o sabor da aveia são pêssego, frutas vermelhas, como amora e morango, manga e maçã, que é uma das versões mais conhecidas e clássicas do Crumble.

Puchero

Puchero – Foto: Pixabay

Este é um prato que leva muito caldo e história, típico de países vizinhos do Brasil, como Argentina, Paraguai, Uruguai e até do Sul do nosso País

O puchero é um ícone da cozinha Argentina, mas foram os imigrantes espanhóis que levaram a receita para o país. Por ser barato e simples de preparar, o prato se incorporou à tradição da Argentina e passou a ser um prato comum na mesa das famílias trabalhadoras durante o século 20. Ele é como um cozidão, que leva lombo, toucinho, paio, linguiça, batata, cenoura e grão de bico.

Caril de frango

Caril de frango – Foto: Pixabay

O Caril de frango veio da Ásia, mais especificamente da Índia. É uma das tradições da culinária indo-portuguesa de locais como Goa, Damão e Diu e mistura aspectos de ambas as culturas. A receita é uma forma de inovar a maneira que preparamos frango: ele é cozido e acompanhado de molho de leite de coco com caril, ou curry, que é uma mistura de especiarias do oriente. Essa mistura dá ao prato um sabor suave, geralmente acompanhado de arroz branco.

Calulu

Calulu – Foto: Pixabay

Essa é uma especialidade do povo angolano que pode ser preparada com peixe seco e fresco ou com carne seca. Junto desses ingredientes ainda vão tomate, alho, quiabos, batata-doce, espinafre, abobrinha e óleo de palma. Por isso, a opção é perfeita para quem quer dar um toque novo ao que já tem na geladeira.

Em Angola, o Calulu de peixe fresco é intercalado em camadas com peixe os demais ingredientes em uma panela e servido com funge (uma espécie de pirão) e feijão com óleo de palma. O de carne é preparado com carne seca deixada de molho.