Resumo fashion da semana: o que foi notícia em @bazaarbr

Paris está bombando com a temporada de moda!

by Carol Hungria
Foto: Now Fashion

Foto: Now Fashion

A Balmain fez um desfile bombástico em Paris, Gisele foi nomeada como rosto de beleza da Dior e a jornalista Helô Gomes sofreu uma agressão física em um restaurante de São Paulo. Bazaar mostra o que foi destaque no nosso Instagram @bazaarbr nesta semana:

Segunda-feira (23.09)

Foto: Reprodução/Instagram/@olivier_rousteing

Foto: Reprodução/Instagram/@olivier_rousteing

A semana começou quente com o anúncia da parceria entre Kylie Jenner e a Balmain. A bilionária e o estilista Olivier Rousteing são amigos de longa data e a musa sempre usa e abusa das peças do costureiro. Agora, os dois estão juntos para a semana de moda de Paris: o make do desfile fica por conta da Kylie Cosmetics. O ponto de partida da coleção de beauté, que serve como inspiração, é o macacão usado por Kylie, no Grammy Awards. Já à venda no site da marca.

Foto: Now Fashion

Foto: Now Fashion

Dando o pontapé inicial na semana de moda de Paris, a Dior nos presenteou com um cenário campestre, e, sem dúvida, tema recorrente na política ecológica atual. Um refúgio em pleno Hipódromo de Paris: uma minifloresta, um jardim em homenagem a Catherine, irmã de Monsieur Dior, que cuidava dos jardins da família, uma mulher independente e forte. A coleção de verão 2020, poética, trouxe jardineiras, vestidos com faixas que cruzavam as costas, bermudas com botas e estampas tie-dye, como em um retorno ao essencial, à natureza e à vida simples. Os cabelos vieram amarrados em tranças e coques, e, na cabeça, chapéus de palha – o acessório preferido de Grazia. Bordados e motivos botânicos enfeitavam longos de tule, enquanto vestidos feitos a partir de camadas de ráfia riscavam a passarela. As árvores trazidas especialmente para o cenário irão integrar diferentes projetos botânicos, ganhando uma segunda vida com o ateliê Coloco. Maria Grazia Chiuri nos lembra a importância de pequenas atitudes, que podem mudar o cenário ecológico atual. Iniciativas como esta da Dior vêm se tornando obrigatórias dentro de casas tão tradicionais, que visam se manter relevantes e atuais em tempos onde comprar já não é somente sobre a roupa, mas muito sobre seu posicionamento. Então, a roupa em segundo plano reflete a simplicidade da natureza, mas, claro, que para a maison de luxo toda essa coleção é feita com maestria e perfeccionismo. Grazie, Maria! (Por Cibele Maciet e Rodrigo Yaegashi)

Foto: Now Fashion

Foto: Now Fashion

De parar o trânsito do maior ponto turístico de Paris, a Saint Laurent fechou segundo dia da semana de moda de Paris de forma mais relaxada. A noite severa das últimas temporadas ganha leves interpretações atualizadas por Anthony Vaccarello, que mergulha no boho e referências marroquinas para criar peças extremamente desejadas para as party girls fiéis à label. O ombro a ombro predomina, combinado aos shorts vezes curtíssimos, mas também seguindo as tendências que já podemos dar como certas para o verão 2020, como a volta da cintura baixa e das bermudas no joelho, vistas aos montes em Nova York, Milão e Londres. Tal é a vez dos anos 90, que nada melhor do que Naomi Campbell fechando na sequência final do desfile que é, sem dúvida, uma ode a paixão do transgressor Yves à vestimenta masculina. Ternos de paetê encerram o desfile em versões desconstruídas. Diferentes shapes como spencers, alongados e até mesmo em versão jumpsuit são, sem dúvida, um tributo que deixaria o criador da casa extremamente feliz, e a clientela completamente em polvorosa para ter já! (Por Rodrigo Yaegashi)

Terça-feira (24.09)

Foto: Now Fashion

Foto: Now Fashion

Repleto de referências, o verão 2020 da Maison Margiela agitou Paris logo pela manhã. O desfile co-ed, com homens e mulheres na passarela, contou com uma cartela de cor repleta de preto, branco, e pinceladas dos tons terrosos, azul, verde e vermelho. Entre detalhes do hábito – usado pelas freiras e que aparece um véu -, pinceladas de uniformes como os de aeromoças e escolares, John Galliano constrói um mix de silhuetas, estampas e estilos. Os homens cruzaram a passarela de salto, enquanto alguns desfilaram em performances à lá Galliano. O costureiro apresenta uma verdadeira coleção que a moda tanto anseia, cheia de informação e história. (Por Beatriz Poletto)

Foto: Now Fashion

Foto: Now Fashion

Tudo é uma questão de óptica. Em tempos em que tudo está tão sombrio e caótico, a moda tem por obrigação se tornar uma válvula de escape. E então, com isso em mente, é que Dries Van Noten abre as torneiras da dramaticidade em seu verão 2020. E quem mais poderia servir de referência para o estilista, que não o gênio da teatralidade Christian Lacroix, que se juntou ao time. A quatro mãos desenharam e atualizaram as silhuetas couture. Na passarela teve de tudo: maximalismo, plumas, paetês, jacquards, franjas, brocados, volumes e sobreposições. Uma exuberância do início ao fim. Regatas brancas, básicas mesmo, ganharam status de alta-costura ao serem combinadas com calças de uma alfaiataria impecável, sobrepostas a saias com babados volumosos. Na beleza, o olhar sombrio de quem vê as mazelas do mundo de hoje, mas que tenta se esconder no lúdico, vide as franjas de plumas coloridas nos cabelos! (Por Rodrigo Yaegashi)

Foto: Now Fashion

Foto: Now Fashion

A Courrèges estava com as antenas conectadas no futuro quando apostou no plástico, nos anos 1960. E é com a mesma postura que a marca agora troca o sintético por materiais mais naturais, em busca de um posicionamento sustentável. Para isso, contou com a ajuda do Instituto E, fundado por Oskar Metsavaht. O resultado apareceu logo no início do desfile – montado à beira do rio Sena, em Paris – na jaqueta branca de couro de pirarucu. O material dá forma a tops geométricos usados sobre blusas e surge em golas e vários detalhes. Entre passado e presente, a marca preserva o DNA nos shapes sessentistas e nos vazados. Navalhadas no tecido lembram a obra de Lucio Fontana, nome decisivo do movimento espacial nas artes. Alfaiataria e sportswear caminham juntos nos looks, remetendo a uma austeridade sutil. Amanhã, a pop-up da marca em Paris, Fin du Plastique, dará continuidade à ação do desfile com coleções-cápsula em algodão orgânico. (Por Silvana Holzmeister)

Quarta-feira (25.09)

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Nylon reciclado, algodão orgânico e couro vegano feito de maçãs estão no centro da nova coleção de Pedro Lourenço para a sua nova marca, a Zilver, que está em sua terceira temporada. “Para avançar fazer a grife crescer, é importante lembrar o objetivo final, que é fazer parte de uma revolução coletiva que muda a maneira como produzimos e consumimos produtos, sem destruir o planeta. Para nós, significa continuar investindo em materiais inovadores e novos métodos de produção”, disse o estilista  em entrevista ao WWD.

Quinta-feira (26.09)

Foto: Now Fashion

Foto: Now Fashion

A luz e a elegância parisiense dão as caras no verão 2020 da Chloé, na semana de moda de Paris. Natacha Ramsay-Levi, diretora criativa da label, apresentou uma coleção equilibrada entre peças de seda fluídas e a força do corte da alfaiataria impecável. No estilo working girl, os tons terrosos e os tons pastel construíram o mood chique, enquanto acessórios com toques de brilho finalizaram os looks. E é um novo momento para a Chloé: a marca está desembarcando no Brasil no mês que vem, com uma loja exclusiva no Cidade Jardim Shopping, em São Paulo.

Foto: Reprodução/Now Fashion

Foto: Reprodução/Now Fashion

A Off-White levou um mood futurista para a passarela da semana de moda de Paris. A marca de Virgil abloh, uma das mais cool da atualidade, é famosa por desconstruir expectativas e dessa vez não foi diferente: peças oversized e com recortes estratégicos, acessórios carregando o logo da label e uma brincadeira com volumes foi o destaque do desfile. Com looks majoritariamente monocromáticos, a Off-White apostou muito no branco e no preto – honrando seu slogan que a coloca como um ponto entre as duas cores -, mas com diversos momentos em que o rosa, vermelho e azul coloriram a passarela. Para sua lista de desejo: a jitney bag, um dos modelos clássicos da label, aparece renovada, com furos e recortes que a reconstroem.

Helô Gomes posou para Bazaar em dezembro de 2017 (foto: Vinicius Postiglione)

Helô Gomes posou para Bazaar em dezembro de 2017 (foto: Vinicius Postiglione)

“Logo eu que quis fugir da internet, de exposição…”, lembra Helô Gomes em conversa emocionada com a Bazaar. A jornalista foi vítima de agressão em um restaurante em São Paulo e, depois de entrar para uma estatística chocante de violência à mulher, viu sua história tomar uma proporção enorme, com o relato de outras vítimas do mesmo agressor e o apoio de desconhecidos. “Serei um número para que mulheres sofram menos”, conclui. Leia o depoimento na íntegra. (Por Luciana Franca)

Sexta-feira (27.09)

Foto: Arquivo Harper's Bazaar

Foto: Arquivo Harper’s Bazaar

Gisele Bündchen foi nomeada o rosto da “Dior Capture Totale”. A modelo brasileira aparecerá em uma nova campanha de publicidade impressa e digital para a linha de produtos para a pele em 2020. “Hoje, estamos comemorando uma supermodelo brilhando com saúde, uma mulher talentosa e incrivelmente bonita e, claro, a musa icônica da beleza consciente, que se une a nós para transmitir e celebrar os valores da Dior”, disse Claude Martinez, da Dior.

Foto: Now Fashion

Foto: Now Fashion

Verão é sinônimo de leveza, alegria e bem-estar e positividade. E a Balmain soube levar essa informação à máxima potência. A fluidez é a palavra chave dessa coleção de verão 2020, em vestidos amplos com decotes bem profundos, as vezes com apenas faixas no lugar dos seios. Tailleurs superestruturais, casaquetos e o uso de materiais tecnológicos como tubinhos de plástico apareceram em minivestidos que chacoalham na passagem da modelo na passarela. As pedras, aqui usadas em tamanho grande em decotes criaram uma atmosfera de glamour, sobretudo em cores wavy como azul e laranja. Uma delícia de verão, e com muito glamour! Sorte da mulher brasileira, que agora pode comprar a coleção no Brasil no Cidade Jardim Shopping, em São Paulo. Bravo, Monsieur Rousteing! (Por Cibele Maciet)