Raissa Rocha Machado veste Riachuelo + Free Free – Reprodução/Instagram/@riachuelo

Com o País há mais de 100 dias em isolamento social e com medidas de relaxamento sendo adotadas em diversas cidades, a Riachuelo continua contribuindo com o enfrentamento do novo coronavírus no Brasil. Desde o início da pandemia de Covid-19 no país, a empresa já doou mais de 8 milhões de itens entre produtos hospitalares, máscaras de proteção e peças de roupas, o equivalente a R$ 35 milhões em recursos próprios.

Além da liderança no ranking entre suas concorrentes, a Riachuelo está entre as 35 companhias que mais doaram no País, segundo pesquisa do Monitor de Doações. Os produtos são distribuídos para órgãos de saúde, prefeituras de cidades de diversos estados, instituições sociais e comunidades vulneráveis, como o projeto Free Free, a Liga Contra o Câncer, a Central Única das Favelas (CUFA), Cruz Vermelha, Exército da Salvação e Santa Casa (que Bazaar também apoia), entre outras organizações não governamentais.

Santa Casa

Nas últimas semanas, a varejista doou 2.700 itens entre toucas, jalecos, aventais e pró-pés para serem utilizados pelos profissionais do hospital Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, que estão no enfrentamento diário da Covid-19, e que Bazaar também apoia.

As iniciativas solidárias da Riachuelo fazem parte do que a varejista vê como seu papel social. “Completamos mais de 70 anos ao lado dos brasileiros e entendemos que neste momento delicado que vivemos, é nosso papel pensar e agir em prol do bem estar coletivo. Ainda não temos previsão de quando a situação será normalizada completamente, mas seguiremos contribuindo e visando minimizar os impactos causados pela Covid-19”, declara Oswaldo Nunes, CEO da Riachuelo.