Poltrona Tord Boontje para Moroso; fotografia de Russel Young; luminária Mooi Studio; almofadas Versace e Adriana Barra – Foto: Christian Maldonado

A maneira como nos relacionamos com a nossa casa diz muito sobre nosso estilo de vida e tendências globais. Isso porque projetamos no espaço onde vivemos novas necessidades e exigências. Com isso, é válido estar atento ao que está em voga no mundo do design de interiores para repensar a montagem do seu próprio cantinho. E um ponto crucial na composição de qualquer ambiente é o uso das cores.

A paleta utilizada em um cômodo é essencial para a proposta decorativa, já que, além de harmonizar com todo o conjunto de itens e móveis, ela pode transmitir sensações. Pensando nisso, uma das tendências para casas diz especificamente sobre o uso das cores: a volta da paleta terracota no design de interiores.

Sendo referência no momento da decoração, a paleta terracota voltou a marcar presença em quaisquer cômodos da casa. E isso não só na parede: itens decorativos, piso laminado, teto… Todos os elementos podem receber os tons da cor.

A terracota, também nomeada de argila e laranja queimado, é uma cor quente e aconchegante, sobretudo porque remete às cores de materiais de argila, que têm tudo a ver com natureza. Assim, ela cai superbem, tanto em ambientes com proposta rústica quanto aqueles que buscam elegância. Tudo depende da maneira como é utilizada.

Um piso laminado terracota em uma sala de jantar com móveis de madeira rústica, vasos de plantas e tapeçaria artesanal (tricô ou crochê), por exemplo, é um caso ideal de rusticidade e referência à natureza. O melhor é que tais artigos estão súper em alta e também podem compor com requinte qualquer cômodo.

Agora, para criar um ambiente clássico, o ideal é combinar a cor terracota com elementos de cores neutras, sobretudo com branco e tons de off-white. Assim, em um espaço com paredes off-white, por exemplo, é possível agregar um móvel terracota, como um sofá ou uma poltrona, e algum elemento têxtil da mesma cor. Neste caso, o ambiente recebe aconchego na mesma proporção em que traz equilíbrio e sofisticação.

Contudo, para aplicar corretamente o terracota, algumas dicas são imprescindíveis. Pensando nisso, confira abaixo pontos aos quais ficar atento no momento de adicionar esta cor que é tendência.

Terracota nas paredes

Por ser uma cor quente, a aplicação da terracota nas paredes deve corresponder às características do local. Cômodos grandes, principalmente os que possuem janelas amplas ou mesmo divisão de ambientes, podem receber a cor em todas as paredes. O resultado é a sensação de acolhimento.

Já ambientes reduzidos podem apostar em uma disposição de cor que crie uma sensação de amplitude. Neste caso, o branco ou o off-white pode predominar, estando presente na maioria das paredes e dando espaço para a terracota apenas em uma parede do cômodo.

Objetos terracota

Os itens decorativos também finalizam o estilo de uma decoração. Com isso, adicionar objetos de cor terracota pode ser o ideal para revestir seu espaço.

Os elementos têxteis são ótimos para trazer a textura como ponto-chave da sensação de aconchego. Assim, tapetes, cortinas e panos artesanais de tricô sobre superfícies podem dar um aspecto de naturalidade e sofisticação. Além desses itens, roupas de cama, mantas e revestimento de poltronas e bancos também entram na lista do que pode receber a cor.

Objetos de argila, como vasos e recipientes decorativos, luminárias, banquinhos ou mesmo quadros, também garantem com parcimônia a terracota no espaço.

Cores que combinam com terracota

No círculo cromático, a terracota se encontra entre as cores quentes. Assim, para combiná-la com outras, basta apontar quais são análogas a ela, que são: laranja e vermelho. Além disso, os tons de azul, que são complementares aos tons de terracota, também podem fazer parte de uma proposta inovadora. Caso não queira ousar muito, é válido voltar ao clássico branco.