Foto: Now Fashion
Foto: Now Fashion

A Tommy Hilfiger acaba de anunciar os seis finalistas do Tommy Hilfiger Fashion Frontier. Em seu segundo ano, o programa global da marca visa apoiar empresas em formato de start-ups e scale-up no desenvolvimento de soluções que promovam mudanças positivas e inclusivas na moda.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

No próximo dia 13 de fevereiro, os seis finalistas visitarão o Campus do Futuro da Tommy, em Amsterdã, para apresentar seus conceitos de negócios a um júri de líderes nacionais e internacionais de negócios e sustentabilidade, o que vai muito de encontro com o posicionamento que a marca vem levando para todos os seus desfiles e coleções.

O processo, que levou quatro meses, englobou 420 candidatos, e várias etapas, terá premiação de € 150.000 e será dividido entre dois vencedores para financiar o avanço de suas propostas de negócios.

Veja os finalistas de 2020:

1. A scale-up com sede em Bangladesh Apon Wellbeing abre lojas com preços justos que levam necessidades diárias para dentro de fábricas, com produtos oferecidos com desconto de 10% em relação aos preços externos e um esquema de pontos que os trabalhadores podem trocar por plano de saúde e serviços de saúde gratuitos.

2. A scale-up norte-americana Stony Creek Colors oferece culturas sustentáveis de índigo natural para pequenos e médios produtores de tabaco que correm o risco de perder sua renda devido à queda nas vendas de tabaco. A colheita rentável oferecida pela Stony Creek Colors permite que os agricultores mantenham seus meios de subsistência.

3. A start-up holandesa A Beautiful Mess administra um espaço criativo para ajudar os refugiados a obter independência social e econômica, criando produtos de vestuário sustentáveis.

4. A start-up norte-americana Lab 141 cria pequenos lotes de roupas feitas sob medida usando impressão 3D. Por meio desses métodos, a Lab 141 está promovendo e dando vida ao conceito de moda “sem tamanho”.

5. A scale-up indiana de vestuário Sudara desenvolve habilidades profissionais e de costura em mulheres que escaparam ou correm alto risco de serem vítimas de tráfico sexual.

6. Com sede na França, a scale-up Constant & Zoe cria roupas funcionais e modernas para homens, mulheres e crianças com deficiência.

Leia mais:
Ondas largas trazem leveza aos penteados do Emmy
Emmy: fenda exuberante é a aposta certa para sensualizar
10 coisas que amamos da nova collab entre Tommy Hilfiger e Zendaya