Guido Mantega passou por outra saia-justa em público, desta vez em um restaurante na Vila Olímpia, em São Paulo. O político foi xingado de “ladrão”, “sem vergonha” e acusado de falir a Petrobras.

— —

Arte coluna Vivi Mascaro biografia rodapé