10 coisas que amamos do desfile que abre as comemorações de 100 anos da Gucci
Foto: Divulgação

A Gucci deu início às celebrações de seu centenário com uma verdadeira festa. O desfile da coleção “Aria”, apresentado virtualmente nesta quinta-feira (15.04), é a prova disso: muita música, glamour, amigos e um saudosismo pelo que paramos de viver há mais de um ano marcam as peças, a trilha sonora e o vídeo dirigido por Alessandro Michele e Floria Sigismondi.

Como em todo bom aniversário, o passado é revisitado para celebrar as conquistas do presente. O hotel em que Guccio Gucci trabalhava antes da criação da grife, as referências ao universo equestre presentes no DNA da marca, o luxo e a sensualidade trazidos por Tom Ford quando à frente da direção criativa da Gucci, entre outros códigos, inspiraram Michele, que afirma que “como qualquer outra existência, o destino [da grife] é marcado por uma longa série de ‘nascimentos sem fim’ e regenerações constantes”.

E como nenhuma festa de aniversário acontece sem convidados, Alessandro faz um “laboratório de hacking” da moda de Demna Gvasalia para a Balenciaga – duas marcas que conseguiram se renovar sem esquecer sua trajetória e conquistar um público mais jovem. Conjuntos que unem os logos das duas marcas, silhuetas marcantes e peças em paetê criam a collab inusitada. A nossa reação? Desejo!

Assim como o nome da coleção – ária é o momento do solo de um artista durante uma obra, como uma ópera -, cada look prova seu protagonismo dentro de uma coleção em que não há monotonia. Veja dez coisas que amamos na coleção:

A collab

10 coisas que amamos do desfile que abre as comemorações de 100 anos da Gucci
Fotos: Divulgação

Um dos principais destaques da coleção (e um dos momentos mais esperados da apresentação) é o resultado da colaboração entre Gucci e Balenciaga – e eles não decepcionaram.

Os acessórios

10 coisas que amamos do desfile que abre as comemorações de 100 anos da Gucci
Fotos: Divulgação

Colares, piercings e brincos com pedrarias, correntes, chapéu e óculos, bolsas com o logo da grife e corações incrustados em cristais carregados como clutches amarraram com perfeição a coleção.

O equestre

10 coisas que amamos do desfile que abre as comemorações de 100 anos da Gucci
Fotos: Divulgação

Fazendo referência às inspirações da Gucci no hipismo, acessórios de cabeça, calças usadas por meio de botas de cano alto e blazeres foram algumas das peças responsáveis por levarem esse mood à coleção.

O quadrado

10 coisas que amamos do desfile que abre as comemorações de 100 anos da Gucci
Fotos: Divulgação

Com ombros extremamente destacados, blazeres e casacos criaram formas quadradas aos visuais.

O erotismo

10 coisas que amamos do desfile que abre as comemorações de 100 anos da Gucci
Fotos: Divulgação

Renda, látex, faixas de couro e destaque aos decotes deram um toque erótico à coleção.

O glamour hollywoodiano

10 coisas que amamos do desfile que abre as comemorações de 100 anos da Gucci
Foto: Divulgação

O glamour do tapete vermelho de Hollywood quando ele era frequentado por nomes como Marilyn Monroe foram homenageados por Alessandro Michele.

As plumas

10 coisas que amamos do desfile que abre as comemorações de 100 anos da Gucci
Fotos: Divulgação

Tanto em detalhes que dão leveza ao visual, quanto em peças volumosas feitas completamente em plumas, o material deu um charme extra ao desfile.

As estampas

10 coisas que amamos do desfile que abre as comemorações de 100 anos da Gucci
Fotos: Divulgação

Conhecida por seu mix de estampas inusitadas, nesta apresentação, Gucci aposta em visuais com o mesmo padrão – às vezes, com uma mistura de tamanhos diferentes.

O brilho

10 coisas que amamos do desfile que abre as comemorações de 100 anos da Gucci
Fotos: Divulgação

Paetê, látex e tecidos metalizados foram alguns dos materiais responsáveis por acrescentar brilho ao desfile.

A logomania

10 coisas que amamos do desfile que abre as comemorações de 100 anos da Gucci
Fotos: Divulgação

Em uma apresentação que exalta o fato do nome da marca estar presente em diversas músicas – segundo o WWD, mais de 22 mil -, não poderia faltar peças que deem continuidade à logomania da Gucci.