Foto: Marcelo Soubhia/Fotosite
Foto: Marcelo Soubhia/Fotosite

Minas Trend é um evento pensado para impulsionar a indústria da moda mineira, unindo fabricante e lojista, imprensa e fonte e apresentando o que há de novo ao consumidor. Marcas e empresas se reúnem para expor, discutir e incrementar os negócios da área, já que diversos expoentes do setor se unem em um mesmo espaço.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Além de todo o universo business e das mentorias dadas por perfis bem sucedidos, o Minas Trend dá espaço para diversas marcas apresentarem seus produtos em desfiles animados e elegantes. Coletivos, labels de joias e estilistas que tem se destacado mostram suas coleções e o que vai virar desejo do mineiro – e dos consumidores brasileiros em geral. Nesta quarta-feira (23.10), foi a vez de Victor Dzenk apresentar sua coleção de inverno 2020 e impactar com sua força e inovação. Veja abaixo dez coisas que amamos no desfile da label:

A força

Foto: Marcelo Soubhia/Fotosite
Foto: Marcelo Soubhia/Fotosite

Victor Dzenk se inspirou em uma viagem intergalática e na força da mulher – representada em uma guerreira – para idealizar a coleção. Por isso, as roupas vieram carregadas de força e shapes que remetiam a armaduras, como ombros estruturados, golas altas e capas.

A estampa

Foto: Marcelo Soubhia/Fotosite
Foto: Marcelo Soubhia/Fotosite

A referência espacial também apareceu nas estampas, principalmente no jogo cósmico de manchas azuis.

A dramaticidade

Foto: Marcelo Soubhia/Fotosite
Foto: Marcelo Soubhia/Fotosite

A paleta de cores sóbrias – com tons de preto, azul e cinza – e os shapes fluídos e com volume criaram peças carregadas de drama, do tipo que não passam despercebidas quando usadas.

Os acessórios

Foto: Marcelo Soubhia/Fotosite
Foto: Marcelo Soubhia/Fotosite

Os acessórios foram complementos perfeitos para os looks: grandes cintos e brincos de tamanhos diferentes brincaram com a geometria das roupas.

As linhas

Foto: Marcelo Soubhia/Fotosite
Foto: Marcelo Soubhia/Fotosite

A estampa com linhas difusas, ampliando e restringindo os tamanhos, cria impressões visuais que brincam com o shape das peças.

Os brilhos

Foto: Marcelo Soubhia/Fotosite
Foto: Marcelo Soubhia/Fotosite

O brilho apareceu de diversas maneiras no desfile, sendo apenas um detalhe, um ponto de destaque ou tomando conta de looks inteiros.

As mangas

Foto: Marcelo Soubhia/Fotosite
Foto: Marcelo Soubhia/Fotosite

Seguindo a tendência apresentada nas últimas temporadas internacionais, as mangas ganharam volume e apareceram mais amplas.

A presença do lenço

Foto: Marcelo Soubhia/Fotosite
Foto: Marcelo Soubhia/Fotosite

O lenço integrou peças como estampa e como um detalhe que acrescenta fluidez a vestidos e camisas.

A transparência

Foto: Marcelo Soubhia/Fotosite
Foto: Marcelo Soubhia/Fotosite

O recurso que acrescenta sensualidade e ousadia a qualquer visual tomou conta da primeira parte do desfile.

A beleza

Foto: Marcelo Soubhia/Fotosite
Foto: Marcelo Soubhia/Fotosite

A naturalidade foi a chave da beleza do desfile, tanto na maquiagem quanto nos cabelos. A pele das modelos estava extremamente iluminada e as sobrancelhas ganharam maia definição.

Leia mais:
Raízes culturais mineiras são honradas na 24ª edição do Minas Trend
Explosão de cores e brasilidade marcam a segunda noite da 24ª edição do Minas Trend
Minas Trend investe em cultura e diversidade para o verão 2020