Alfaiataria esportiva da Skazi – Foto: Divulgação

A moda nos anos 2010 entrou para a história com suas tendências marcantes. No fim da década passada, um visual mais clássico e elegante voltou a aparecer. Para relembrar os principais acontecimentos na moda de 2010 a 2019, convidamos um grupo de diretoras criativas para contar a tendência que elas consideram mais marcante e que ficará como referência deste período.

Ana Paola Martins – Skazi e Tufi Duek

Ana Paola Martins – Foto: Divulgação

Destaque absoluto na última década, a alfaiataria esportiva é minha tendência favorita e se tornou um clássico comercial ao longo desses anos aqui na Skazi. Cada vez menos rígida e mais fashion, a alfaiataria desde os anos 80 abraçou os novos tempos e agora transita com tudo entre o casual e o clássico, com direito a muitos elementos utilitários. Nessa versão da alfaiataria predominam calças, camisas e blazers cheios de personalidade, com intervenções estéticas, botões e mangas diferentes, texturas, estampas, fendas, provocando uma imagem menos “arrumadinha” e infinitamente mais cool.

O que mais gosto da alfaiataria esportiva é que ela garante o clima easy-chic para qualquer produção e traz uma versatilidade incrível para as peças-chaves do guarda-roupa de toda mulher (e todo homem também). O mix entre a alfaiataria e os itens esportivos não é só mais o queridinho dos fashionistas, está presente nas ruas e caiu no gosto das pessoas que amam looks chiques e autorais, descontraídos e, ao mesmo tempo, confortáveis!

Carolina Neves – Carolina Neves

Carolina Neves – Foto: DIvulgação

Uma das minhas tendências favoritas da última década é a de peças funs e coloridas. A mistura de cores e formas inusitadas fazem qualquer look se destacar e fugir do comum. Sinto que as pessoas se preocupavam muito em deixar tudo em um mesmo tom e estilo, tanto nas roupas como nos acessórios, mas hoje em dia esse mood divertido é muito valorizado. Aqui na Carolina Neves buscamos oferecer joias únicas e que fogem do ordinário, com shapes e tons diversos, cheios de personalidade.

Cici e Ana Carolina Navarro – Dra Cherie

Cici e Ana Carolina Navarro – Foto: Divulgação

Amamos a tendência das muscle tees, que vieram com tudo e além de trazer um mood mais cool, a t-shirt surpreende em outfits de trabalho ou em combinações mais sofisticadas para eventos mais formais. Outra tendência que estamos gostando muito é a do colorblock, ficamos muito felizes em ver um ambiente que antes era tão frio, distante, muitas vezes sem graça, tomado por cores, por alegria, por auto estima que as cores trazem.

Cláudia Arbex – Cláudia Arbex

Claudia Arbex – Foto: Divulgação

A minha tendência favorita da última década foi a chocker. Essa peça produz impacto visual no look e demonstra muita personalidade, nos anos 90 era muito associada ao estilo grunge, mas de uns tempos para cá esse acessório voltou de forma repaginada e atingiu os mais diversos públicos. Eu amo equilibrar produções mais básicas com uma chocker impactante, garante uma imagem super fashionista!

Edileuza Rossano – Loft 747

Uma das minhas tendências favoritas dessa última década foi a mistura de cores. Podemos. Essa proposta está sendo super aceita pelo consumidor final e pelas marcas. Além disso, uma tendência que particularmente amo são os tênis, esse item torna os em looks, propostas super fashionistas e podem ser usados para lazer, nas baladas ou até mesmo para trabalhar.

Eduarda Galvani – Eduarda Galvani Atelier

Eduarda Galvani – Foto: Divulgação

Das últimas tendências fashion, minhas preferidas são as amplitudes e a extravagância nos volumes. Vimos nos vestidos das grandes influenciadoras e celebridades, como o vestido de noiva da Kate Middleton, o da Chiara Ferragni e da Thássia Naves – propostas que valorizaram desde a renda, até os tules e as armações. Particularmente amo essa estética quando é levada para o streetwear, que valoriza o volume, os babados e os laços. É ótimo ver que essas tendências vão e voltam sempre ressignificadas e em contextos atuais como nas mangas bufantes por exemplo. Elas aparecem tanto na moda noiva e na moda festa, como também são incorporadas na moda casual.

Luciana Won – Dolps

Luciana Won – Foto: Divulgação

Quem me conhece bem sabe que eu sou fã incondicional do conforto! E a tendência que veio para a minha felicidade foi a inserção do tênis para compor os looks mais sofisticados como a alfaiataria, até os mais modernos e descolados para o streetstyle! Acho que ele é uma peça curinga para ser usado com qualquer roupa do seu closet.

Nastacia Schacht – Charth

Nastacia Schacht – Foto: Divulgação

Uma das tendências que sem dúvida marcou a última década foi o retorno da cintura alta com força total, devido a influência dos anos 70, 80 e 90 na moda. No fim dos anos 90 a calça de cintura alta foi substituída pela cintura baixa, que reinou absoluta durante uma década, mas logo retornou em 2010, e pelo que tudo indica, veio para ficar. Essa modelagem valoriza o corpo feminino, marcando bem a cintura, alongando as pernas e afinando a silhueta. É um shape extremamente versátil na hora de compor um look, que pode ser combinado com vários tipos de parte de cima e funciona para todos os tipos de corpo, independentemente da idade ou ocasião. Deste modo, tenho um amor especial por essa tendência por ser extremamente democrática, confortável, prática, além de garantir um visual elegante, clássico e ao mesmo tempo cool.

Nati Vozza – NV

Nati Vozza – Foto: Divulgação

Sem dúvida minha tendência preferida da década de 2010 a 2019 é o colorblocking. Essa febre consistia em combinarmos peças de cores diferentes no mesmo look, criando um efeito “blocado” de tons contrastantes. O mais interessante, para mim, eram as infinitas combinações que se pode criar, usar as cores mais inusitadas e ainda assim mantermos um look harmônico! Por sinal, a cartela de cor da NV é um ponto crucial de cada coleção e sempre tenho um cuidado especial para que todas as cores conversem entre si. Talvez por isso eu me identifique tanto com essa tendência! Usar e brincar com as cores faz parte da minha rotina!

Renata Figueiredo – TIG

Renata Figueiredo – Foto: Divulgação

O comprimento midi é uma das grandes tendências da última década! O modelo foi sucesso nos anos 60 e voltou com grande força, se tornando popular rapidamente. O comprimento usado em calças, saias, macacões e vestidos é a escolha perfeita para um visual fashion. A tendência apareceu fortemente repaginada e tornou-se versátil, podendo ser usada em qualquer ocasião, independente da época do ano. A trend permite diversas combinações com outras peças, sapatos e acessórios, criando visuais completamente distintos. O comprimento midi deixa qualquer look cool e com muito conforto e personalidade!