Triya, SPFWN51 – Foto: Divulgação

Personalidades e entidades apareceram com fontes de inspiração para estilistas brasileiros que apresentaram coleções no SPFWN51. Bazaar mostra aqui três vezes em que a tendência brilhou nas passarelas virtuais:

AZ Marias

AZ Marias, SPFWN51 – Foto: Rodrigo Ladeira

Marca estreante, a AZ Marias se inspirou na história da rainha guerreira Nzinga da Matamba, da Angola, para apresentar uma coleção poderosa. O rosto da personalidade apareceu em uma jaqueta, em t-shirts e também em pins-desejo. “Nzinga é o maior símbolo de resistência africana à colonização. Sua história dialoga muito conosco, mulheres contemporâneas que resistimos a tudo”, afirma a diretora criativa da marca Cintia Felix.

Triya

Triya, SPFWN51 – Foto: Divulgação

Nunca o México esteve tão em alta como destino de viagens dos brasileiros, por ser um dos poucos países atualmente abertos ao turismo internacional. De olho nesta tendência, a Triya olha para a cultura mexicana em sua coleção de verão, evocando uma das mais importantes figuras do país, a artista Frida Kahlo. Sua imagem aparece em lindos maiôs e saídas de praia.

Meninos Rei

Meninos Rei – Foto: Bruno Gomes

A coleção da marca Meninos Rei é uma homenagem que seus criadores prestam a Exú. Chamada “L’ojù Esù/Aos olhos de Exù”, a linha se destaca por cores intensas, estampas geométricas e peças agêneros.