Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

Por Luigi Torre

Às vésperas da primeira retrospectiva dedicada à Jeanne Lanvin, no museu Galliera em Paris, Alber Elbaz decidiu voltar às origens – suas e de seus primeiros trabalhos à frente da maison. Assim mistura de maneira magistral referências boho, vindas diretamente do Marrocos, com a alfaiataria fácil, poderosa e prática (mas não por isso menos feminina), pela qual ficou conhecido na direção de criação da marca.

Pense em vestidos de corte simples, em preto e branco, decorados com franjas ou barras desfiadas, acinturados por cintos de couro e arrematados por botas de montaria (já objetos de desejo absoluto). Mais focado e com mensagem mais coesa do que nas últimas coleções, o estilista dá mais força e relevância a seu inverno 2015.

Misturando referências diversas e de diferentes períodos na história, se alinha ainda a mais atual vertente na moda, que faz jus ao modo como toda uma nova geração vem enxergando e entendo o mundo (pelo menos criativamente). Algo meio tudo junto ao mesmo tempo e agora. Só que aqui, com a clara assinatura de Elbaz – e também de Jeanne Lanvin.

Em nossa galeria você confere uma seleção dos looks desfilados pela grife nessa quinta-feira (05.03), na temporada de inverno 2015 da semana de moda de Paris.