Por Sylvain Justum

A intenção era celebrar e, nesse sentido, não se pode dizer que o Fashion Rio termina para baixo.

A Reserva fechou o evento arrancando sorrisos e armando festa, literalmente, em casa. A trupe carioca montou mesa de jantar e sala de estar na passarela, combinou flashmob com parte da plateia e escolheu a dedo a trilha para apresentar roupa para pai, mãe e filhos.

As três linhas produzidas pelo grupo estiveram representadas. O já tradicional masculino, com penchant para o preppy, a Reserva Mini, para os pequenos e a porção mulher, grande novidade.

Em meio à bagunça de tipos – nerd, mulata exuberante, tia, avó, a prima gostosa… – e caminhar performático do casting 99% “normal”, não foi à toa que Ana Cláudia ganhou os melhores looks, os que continham alguma informação de moda, pelo menos. Sua primeira entrada, de trench, saiota estampada e top levinho, e o macaquinho florido que entraria depois são ótimos para o verão tropical, urbano e praiano ao mesmo tempo. No restante da coleção, cores vivas em peças práticas, comerciais, como macacões e vestidinhos soltos. Tudo sem muito compromisso, fácil de usar. A cara do Rio, como a Reserva.

O melhor look: o de abertura, usado por Ana Claudia. Trench coat, saia estampada de cintura alta e blusa leve para bater perna nas ruas das grandes cidades

A trilha: até a primeira fila bateu palma com o som dos Jacksons Five. Festa garantida.

<