Por Sylvain Justum

O repertório de Fause Haten parece mesmo ter fincado bandeira na festa, universo preferido do estilista e que mantém clientela fiel Brasil afora.

Entre longos estampados e curtos texturizados por fitas e rendas, destacam-se os vestidos de perfume étnico, referência resgatada também pelos acessórios multicoloridos.

Vale destacar a piscadela ao universo disco, com brilhos metalizados que remetem aos globos de espelhos dos clubs, outra paixão do estilista.

O melhor look: o longo drapeado com print gráfico e colorido, um étnico tropical para festeira nenhuma botar defeito.

O acessório: os colares metalizados em formato circular, que abraçam o contorno do pescoço e rivalizam com as perucas Black (ou White) Power como vedetes do look.

A trilha: Paula Lima e banda cantando MPB ao vivo na passarela.