Foto: Getty Images

Em março de 2012, o designer Alexander Wang foi acusado por dois de seus funcionários por trabalho escravo, em uma ação de US$ 50 milhões (R$ 158 milhões).  O processo ganhou força e foi para no tribunal federal dos Estados Unidos – relembre nos posts: Bomba na Moda! Alexander Wang seria o alvo de um processo trabalhista milionário e Surgem novos rumores sobre o processo trabalhista contra Alexander Wang.

Na manhã desta quarta-feira (15.08), a empresa informa que o juiz de Nova York Harold Baer encerrou o caso em função de um acordo feito pelas partes, no início de agosto. Os termos  não foram divulgados e, conforme nota dada pela assessoria de Wang, um pedido de sigilo judicial foi selado. A possibilidade de apelação por ambas as partes também foi descartada.