Alta-costura aposta em decotes ousados para o inverno 2020

Recortes modernizam looks e criam visuais mais sensuais

by Marcela Palhão
Iris Van Herpen - Foto: Reprodução/Now Fashion

Iris Van Herpen – Foto: Reprodução/Now Fashion

A semana de moda de alta-costura traz o que há de mais luxuoso no mundo da moda e, apesar de poucas pessoas terem acesso às peças apresentadas, muitas tendências desfiladas podem ser adaptadas a realidade de cada fashionista. Segundo as marcas, os decotes ousados são os queridinhos dessa temporadas.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

O tipo de decote escolhido pode mudar totalmente o visual de uma roupa. Algumas grifes usaram o recurso para acrescentar sensualidade a peças mais fluídas, além de ser uma opção para criar um refugio a modelos com muito tecido. Independente de como a tendência foi apresentada, a verdade é que os decotes apresetados estavam maiores, com diferentes formatos e em diferentes lugares do senso comum. Veja como algumas labels apostaram na tendência.

Foto: Reprodução/Now Fashion

Foto: Reprodução/Now Fashion

Com uma coleção inspirada na cultura oriental, a Elie Saab deu preferência aos decotes em V, só que profundos, quase chegando a altura do umbigo. Esse é um dos tipos mais usados do recorte e sempre aparece em tapetes vermelhos.

Foto: Reprodução/Now Fashion

Foto: Reprodução/Now Fashion

A Givenchy apostou em um formato semelhante de decote, mas um pouco mais discreto. Além de ser mais alto, essa versão tem uma base quadrada, que ajuda a modernizar o look.

Foto: Reprodução/Now Fashion

Foto: Reprodução/Now Fashion

Já a Ralph & Russo usou um terno aberto para criar uma fenda ousada. O formato quadrado da jaqueta funciona como um decote quando usado sem uma blusa por baixo, como no desfile.

Alexandre Vauthier e Schiaparelli - Foto: Reprodução/Now Fashion

Alexandre Vauthier e Schiaparelli – Foto: Reprodução/Now Fashion

Alexandre VauthierSchiaparelli também apresentaram jaquetas sem blusa por baixo. Por terem um decote mais aberto, os ternos e casacos mostram bastante a pele do colo.

Foto: Reprodução/Now Fashion

Foto: Reprodução/Now Fashion

Georges Hobeika inovou ao virar o decote de ponta cabeça. Tanto em vestidos, quanto em jaquetas arredondadas que – quando usadas sozinhas – criam o recorte, o under bob foi a aposta da label. 

Foto: Reprodução/Now Fashion

Foto: Reprodução/Now Fashion

A Zuhair Murad apresentou diferentes formatos de recortes, mas um dos mais bonitos foi o decote gota. Arredondado e acompanhado de uma gola, detalhes desse tipo podem ser usados em diversas situações, podendo variar de formato.

Foto: Reprodução/Now Fashion

Foto: Reprodução/Now Fashion

Uma das labels que mais ousou foi a Armani Privé, como no body que tem o formato de duas faixas, criando uma peça frente-única elegante ao ser combinada com a calça de alfaiataria. Outra ideia da grife é usar uma blusa transparente por baixo do terno meio aberto, que diminui um pouco a sensação de mostrar muito do colo.

Foto: Reprodução/Now Fashion

Foto: Reprodução/Now Fashion

Já a Iris Van Herpen arredondou e criou os recortes novos para as peças ultramodernas.

Leia mais:
10 coisas que amamos da couture de inverno 2020 da Valentino
10 coisas que amamos da couture de inverno 2020 da Elie Saab
Transparência: recurso invade a alta-costura para garantir leveza