Fotos: Ag. Fotosite

Por Sylvain Justum

Sempre concorrido, o desfile de Andrea Marques faz jus à expectativa entregando uma coleção de inverno 2013 com o melhor do repertório minimal cool que a estilista carioca sabe desenvolver tão bem. Inspirada, desta vez, pelos desenhos da arte oriental, Andrea embarca na onda dos prints geométricos, de efeito optical e aparência de treliça quadriculada, que tingem saias-envelope assimétricas – intercaladas com outras godês -, calças curtas afuniladas e uma bela sequência de seus já consagrados vestidinhos effortless chic .

Os blazers de shape masculinizado, hits que Andrea revisita a cada estação, perdem a lapela, para combinar mais com o orientalismo da coleção. Referências militares pintam nos bolsões e galoneiras das camisas e coletes boxy, enquanto prints florais se intrometem na cartela “difícil” que já se tornou marca registrada. São lindas as combinações de açafrão e tons de terra, vermelho com rosa e o branco aceso pelo metálico prateado. O eterno embate entre fluido e estruturado, que também dá suas voltas na passarela de Andrea, só faz acrescentar bossa à coleção.

O melhor look: top branco com floral adamascado em prata, de shape estruturado e ombros saltados, combinado com saia godê.

Truque de styling: romântica que é, Andrea adora um laço, seja nas golas, seja em modelos avulsos. A ideia de arrematar algumas entradas com grandes exemplares brancos é de um charme só.