Bazaar no backstage de Andrea Marques, minutos antes de o desfile começar - Foto: Paulo Reis/Harper's Bazaar
Bazaar no backstage de Andrea Marques, minutos antes de o desfile começar – Foto: Paulo Reis/Harper’s Bazaar


Por Sylvain Justum

Minimalista até na trilha de piano pausado, Andrea Marques adere ao menos é mais para construir um lânguido verão 2014, impregnado da típica nonchalance carioca que a estilista sabe trabalhar tão bem. A silhueta é fluida, de comprimentos indecisos entre curto, longo ou midi, construídos em algodão pesado, crepe e seda. Sempre muito feminina, a roupa de Andrea não precisa de esforço para ser chique.

Dá vontade de sair usando a alfaiataria confortável, de calças e bermudas pregueadas e blazers alongados, de lapelas deslocadas – hit que ganha reedição ­-, e os muitos vestidos, de shape camiseta, decorados com a textura da renda guipure, estampas quadriculadas, rajadas gráficas, ou desenhos florais com pinta de handmade.

Outra modelagem bem empregada na coleção é a da regata, que serve de base, com suas cavas largas, para os tops evasês, soltinhos e cool até debaixo de sol. Para proteger-se dele, aliás, Andrea providencia um lenço com estampa de minimargaridas optical, amarrado na cabeça, fazendo dupla com os belos óculos redondinhos, de armação de madeira. Para arrematar, nada de salto: mocassins bicolores, com DNA de espadrilhas, calçam a mulher elegante no verão.

Na cartela, branco, preto e lampejos de rosa, verde e amarelo. Sucesso para vestir na cidade ou em qualquer balneário elegante do planeta.

O look
O macacão preto de alfaiataria, com recortes tricolores na altura do peito é chique de doer.

O acessório
O mocassim vazado nas laterais, preto e branco, une conforto e elegância sem judiar dos pés.

Clique na galeria abaixo para ver looks selecionados da passarela: