Bracelete (R$ 370), anéis (a partir de R$ 160) - Foto: divulgação
Bracelete (R$ 370), anéis (a partir de R$ 160) – Foto: divulgação

Por Ligia Carvalhosa

Pedro Nart é um jovem talento para acompanhar de perto. Estudante de Artes Visuais da Belas Artes, esse paulista de 21 anos é o designer responsável pelas peças de prata que estão circulando pelas redes sociais nas últimas semanas. “É um processo escultórico, faço rascunhos à mão, mas o resultado final é construído conforme manuseio a matéria-prima”, diz. As aranhas e suas garras inspiram a primeira coleção da marca, batizada com o sobrenome de seu fundador.

Entre pingentes, brincos, braceletes e anéis, são oito peças afiadas e modeladas sem solda, em diferentes tamanhos. Tudo desenhado para ser usado aos montes. “É uma joia perigosa, que traz proteção para quem usa.” Criados sem distinção de gênero, os acessórios vestem eles e elas. À venda pelo Instagram.