Foto: Arquivo Harper’s Bazaar

Nascida nos Estados Unidos e criada em Londres, o estilo de Anya Taylor-Joy vem ganhando notável destaque em razão dos elogios feitos pela crítica especializada sobre seus últimos trabalhos. “O Gambito da Rainha”, por exemplo, recebeu 100% de aprovação no Rotten Tomatoes, site que reúne críticas e avaliações do mundo do cinema e da TV.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

A atriz, estrela de “The Witch” e “Peaky Blinders”, trabalhou com inúmeros estilistas ao longo dos anos, incluindo Ozzy Shah, Micaela Erlanger e Ilaria Urbinati. Agora, grandes grifes como Gucci e Miu Miu disputam entre si para vesti-la durante premiações.

Em “O Gambito da Rainha”, que é seu mais recente sucesso e fez uma estreia implacável na Netflix no final do mês de outubro, a atriz da vida à personagem Beth Harmon, uma órfã prodígio que é se encontra dividida entre a paixão pelo xadrez e a dependência por calmantes. Ao longo dos sete episódios, ela luta por uma vaga no campeonato mundial do jogo enquanto desfila com peças de roupas vintage inspiradas nas décadas de 60 e 70 e idealizadas pela figurinista Gabriele Binder.

Foto: Reprodução/Instagram/@anyataylorjoy

Uma das referências mais marcantes da época – e que aparecem nesse conjunto a fim de projetar ao espectador uma imagem dramática e penetrante – é a maquiagem de Lesley Hornby. Inspirada na primeira supermodelo do mundo, Twiggy abusava da máscara de cílios, dos cílios postiços e do delineado para criar um visual angelical e de boneca que virou febre na época.

O estilo de Anya Taylor-Joy

O fato é que podemos esperar ver muito de Beth no estilo de Anya Taylor-Joy durante suas próximas aparições públicas. Isto porque a atriz já revelou ter um senso fashion fortemente influenciado pelas personagens que interpreta. Mesmo assim, a maneira como se veste também apresenta características próprias, que vão além daquilo que acompanhamos nas telas e que são elaboradas com a ajuda da estilista Ilaria Urbinati.

estilo da Anya Taylor-Joy
Foto: Reprodução/Instagram/@anyataylorjoy

Uma das principais características que permeiam seu estilo é a presença de elementos místicos que, propositalmente, fazem com que ela pareça ter saído de um conto de fadas. A aposta no glitter, em coroas e no paetê são algumas das maneiras que ela utiliza para gerar esse efeito.

O visual intencionalmente dramático ganha ainda mais força com peças da Dolce & Gabbana e Gucci. Anya, no entanto, não dispensa outros grandes designers, principalmente quando eles a ajudam a criar essa vibração fantástica e energizante. De Elie Saab a Miu Miu, o importante para a atriz é fazer uma passagem marcante pelos tapetes vermelhos.

Foto: Reprodução/Instagram/@anyataylorjoy

Outro aspecto importante e que aparece com uma certa frequência em seus visuais é a presença de animais gráficos e estampas florais – geralmente em tons de laranja – sempre bem trabalhadas em vestidos, jaquetas e saias. Ambos os elementos contribuem para a construção de uma imagem bastante feminina e delicada, mesmo que essa não seja sua principal intenção.

Além das do simbolismo dos animais bastante encarnados nas roupas da Gucci, a atriz também está sempre usando anéis da grife: um com a imagem de um leão gigante e o outro com duas cobras com tigres no lugar das cabeças.

Foto: Reprodução/Instagram/@anyataylorjoy

Para os sapatos ela costuma apostar em mocassins Alexander McQueen, botas de coturno e, recentemente, mostrou ter gosto pelos saltos de plataforma, que ajudam bastante na hora de criar um visual mais elegante e também confortável, uma vez que asseguram uma maior sustentação e equilíbrio.

Foto: Reprodução/Instagram/@anyataylorjoy

Todo o visual de Anya se assemelha bastante à figura de Frida Kahlo – de quem já revelou ser grande fã. Não só as flores, como os tons de vermelho alaranjado estão presentes nos visuais de ambas as artistas. Coincidência ou não, as duas também parecem buscar expressar suas artes e sensações por meio do vestuário.