Foto: Agência Fotosite
Foto: Agência Fotosite

A 42ª semana de moda paulistana está a todo vapor, e pelos corredores e backstages, encontramos os melhores profissionais da área. O desfile da Água de Coco, por exemplo, reuniu nessa terça-feira (27.10) as tops mais requisitadas do mercado, como Carol Trentini, Isabeli Fontana e Fernanda Motta, que fez seu comeback após cinco anos fora das passarelas. Por lá, Bazaar aproveitou para pedir dicas de carreira das veteranas para quem sonha em entrar no ramo. Leia abaixo!

Carol Trentini: “O mercado está muito diferente, mas a minha dica é estar na mão de gente certa. A razão do sucesso e longevidade de uma carreira é confiar em que a administra”.

Isabeli Fontana:  “Tem que fincar o pé no chão, e ser natural. Nesse meio as pessoas podem ser muito perversas, por isso tem que tomar muito cuidado para não ser influenciada”.

Fernanda Motta: “Todas as modelos que se destacaram por sua identidade continuam no mercado. A modelo tem que ser esperta, pensar em uma estratégia para se manter relevante na indústria”.

Carol Ribeiro: “Tem que gostar muito do que faz e focar bastante na responsabilidade. É difícil dar dica, porque é algo que tem que sentir com o mercado, então esteja sempre pronta! Se hoje a moda pede o digital, acredito que as meninas têm que seguir – e o bom que elas têm essa pegada”.

Bruna Tenório: “Olha, o mercado está muito diferente de quando eu comecei, há 10 anos. As meninas acabam virando modelo por ter plataformas sociais muito bem elaboradas. Então aproveite essa grande ferramenta. Meu conselho é ter personalidade e mostrar seu lifestyle, mostrar o lado que ninguém conhece”.

Vivi Orth:
“A indústria da moda ficou muito mais veloz, a modelo entra e sai do mercado cada vez mais rápido. A maior dica é manter a humildade. As meninas acreditam que viram top model da noite para o dia. Não é assim que funciona. Demora para desenvolver uma carreira. Não existe lugar para pessoas prepotentes, você tem que ser legal com todo mundo, caso o contrário você será tão efêmera quanto uma foto de Instagram“.

Fernanda Tavares: “Primeiro, a minha dica é ter personalidade e persistência, além de manter a humildade – pois a moda glamuriza as coisas muito facilmente. Hoje em dia, a internet exerce uma grande influência, então elas têm que acompanhar o fluxo”

Renata Kuerten: “A minha dica é manter o pé no chão, ter foco, disciplina, responsabilidade e muito respeito com todos os profissionais do meio. Ser pontual é algo é importantíssimo, além de manter o visual sempre em dia, para estar sempre preparada. Com o digital, as meninas têm mais visibilidade e liberdade, muito diferente da minha época, então arrasem, pois o mercado está muito melhor”.