Quimono herdado da tia, macacão TopShop e pulseiras de marfim de seu acervo pessoal -Foto: Raphael Briest
Quimono herdado da tia, macacão TopShop e pulseiras de marfim de seu acervo pessoal -Foto: Raphael Briest

Por Giuliana Mesquita

Nascida em São Paulo, a artista plástica Joana Vieira virou sua vida de ponta-cabeça quando se mudou para Trancoso ,em 2006. Abandonou salto alto e maquiagem exagerada para viver uma vida de pura criação ao lado de seus sete cachorros. Com ateliê montado no Quadrado, tornou-se figura das mais cativantes da região e anfitriã sem igual. Mas o tempo passou e a saudade pesou.Em 2012,voltou a São Paulo,mas,da Bahia, trouxe alguns dos elementos que mais conectam sua arte a seu estilo.

 clutch Yves Saint Laurent e brochesde seu acervo pessoal - Foto: Raphael Briest
Clutch Yves Saint Laurent e broches de seu acervo pessoal – Foto: Raphael Briest

Apesar de priorizar o conforto, Joana não abre mão do maximalismo barroco. Bordados, tapeçarias e chinoiserie garimpados em brechós fazem contraponto com peças de fast-fashion. Já que viaja muito, para seu ateliê em Itu em SP ou para visitar sua casa em Trancoso, a artista plástica aposta em maxiacessórios para transformar peças mais básicas. “Adoro colarzão, anelzão, pulseiras enormes, bordados, cores”, enumera. Para ela, roupas são como obras de arte.Algumas delas são também tesouros de família que a acompanham ao longo da vida – de sua tia Regina Lúcia herdou peças vintage que mistura com seus próprios achados, como o quimono da foto ao lado.“Meu trabalho tem tudo a ver com a busca das reminiscências do passado”, explica.

Colares e pulseiras garimpados em viagens - Foto: Raphael Briest
Colares e pulseiras garimpados em viagens – Foto: Raphael Briest

Tarô, o mais recente deles, conecta astrologia, numerologia e cartas. Conhecida por suas estátuas de gesso de Iemanjá e os santos ultradecorados, Joana vê na conexão desses três temas uma inspiração que tinha a ver com seu universo de sincretismo religioso. Seus quadros iluminados juntam pedras brasileiras, heras, anjos barrocos e peças garimpadas em seu acervo, transformando-os em enormes cartas de tarô.As que ilustram esta matéria, as cartas de número 21 e 17, duas das mais importantes do baralho, hoje decoram sua sala de estar.

QUIZ:

NO ATELIÊ: “Roupa de guerra”
ACESSÓRIO INDISPENSÁVEL :“Todos, principalmente colares e pulseiras enormes”
DUAS MARCAS QUE TE REPRESENTAM:Saint Laurent e Lenny Niemeyer
KIT SOBREVIVÊNCIA: “Protetor solar, lip balm, carteira e uma bala”
JAMAIS USARIA: “Sapato branco”
EM PRIMEIRO LUGAR: “Natureza e meus cachorros”
UM DESTINO: “Trancoso”
O QUE TE INSPIRA: “A Bahia e o Brasil”
ESTILO: “Clássico confortável”
PARA ESTAR ELEGANTE: “Usar algo que combine com você”
UM LUGAR PARA CONHECER: “A Córsega”