Roberta Papa veste camisa Dudalina, calça Alcaçuz e colar FIT; Joana veste camisa Ateen, bermuda 3.1 Phillip Lim, mocassim Alcaçuz e brincos Louis Vuitton - Fotos: Nicole Fialdini e styling de Alexandra Benenti
Roberta Papa veste camisa Dudalina, calça Alcaçuz e colar FIT; Joana veste camisa Ateen, bermuda 3.1 Phillip Lim, mocassim Alcaçuz e brincos Louis Vuitton – Fotos: Nicole Fialdini e styling de Alexandra Benenti

Por Ligia Carvalhosa

Ela não voltou, até porque nunca se foi de fato. Ainda assim, há algo de novo em sua aparência. Clássico de valor atemporal, a camisa branca é peça-chave neste inverno, compondo looks que de básico não têm (quase) nada. A imagem da vez é clean e absolutamente sofisticada, bem como pede a moda atual. Mas esqueça as qualidades “normais” da peça. Desconstruções, amarrações e decotes profundos, como os propostos por Vitorino Campos, na Animale, ou versões com modelagens amplificadas e alongadas, como as chemises de Giuliana Romanno, garantem sobrevida a este clássico, que há tempos migrou do guarda-roupa masculino para o feminino.

Aliás, é bem assim que Joana Laprovitera gosta de vestir as suas. “Uso mais as camisas do meu namorado [o economista Fábio Melo] do que as minhas”, diz a cearense, radicada em São Paulo, que recém-assumiu o marketing do e-commerce OQVestir. “São bem maiores do que eu e gosto do contraste entre o volume máxi e minha silhueta, mais slim”, completa ela.

Inverno 2015 Giuliana Romanno - Foto: Agência Fotosite
Inverno 2015 Giuliana Romanno – Foto: Agência Fotosite

Menina de traços renascentistas e olhar treinado nas aulas de moda da Faap, a estilista Roberta Papa também é símbolo dessa sobre-vida cheia de twist. Dona do traço preciso que dá vida às peças de sua marca homônima e às roupas e acessórios da Schutz, a paulistana tem uma sucinta, mas certeira, coleção de camisas. “Só compro quando tenho certeza de que vou usar, e as que mais gosto são as mais antigas do meu armário”, conta, ressaltando que a modelagem masculina, de corte reto e amplo, é também a sua preferida.

O recado é claro: nas passarelas, as camisas ganharam mil e uma formas, mas não é preciso esperar sua chegada às lojas. Modelos clássicos, indispensáveis a qualquer guarda-roupa, já dão conta do recado. E de forma atualíssima. Basta fugir de combinações convencionais. Amarre, use contraposta e calça amplas, desalinhe as barras e abra os botões. Para uma atitude autêntica, não vale ter medo de ousar – sempre respeitando seu estilo pessoal, é claro.

Inverno 2015 Animale - Foto: Agência Fotosite
Inverno 2015 Animale – Foto: Agência Fotosite