Foto: Nick Hudson (1+1 Management)
Foto: Nick Hudson (1+1 Management)

Por Armando Palha

Coco Chanel ficaria orgulhosa. Há uma prova viva de que a máxima pregada por ela – de que simplicidade é a chave da verdadeira elegância – não só continua em voga, mas atende pelo nome de Caroline de Maigret.

Modelo de sucesso nos anos 1990, tem currículo forte: é produtora musical, mãe de dois filhos, embaixadora da Chanel, novo rosto da Lancôme e escritora – ela lança neste mês o livro de estilo Como Ser Uma Parisiense em Qualquer Lugar do Mundo, que chega ao Brasil em novembro de 2014, pela editora Objetiva.

Foto: Nick Hudson (1+1 Management)
Foto: Nick Hudson (1+1 Management)

Caroline viu sua imagem ganhar proporções inimagináveis recentemente. Culpa de sua presença cool nas redes sociais, mas, principalmente, de um alinhamento que combina estilo pessoal com as vontades do momento. Seu closet despojado, representação do tal je ne sais quoi parisiense, tem a ver com a tendência dressed down. Ou seja: Caroline está na moda. “Não estou interessada em uma mulher que fica falando sobre ginástica ou plástica. O importante é ser real, aceitar suas imperfeições sem sentir culpa”, diz em entrevista exclusiva à edição de setembro da Bazaar, que está nas bancas.

De fato, ela não é perfeita, mas suas imperfeições corroboram para o conjunto da obra. As roupas funcionam como extensão de uma personalidade, seu estilo reflete tal atitude. “Não me importo de me vestir da mesma maneira todos os dias. Prefiro ter três peças bem cortadas, com um tecido de qualidade, do que muita quantidade.” Entre suas inspirações, roqueiros dos anos 1960, como Keith Richards, ativistas e mulheres fortes, como Simone de Beauvoir e Charlotte Rampling.

Foto: Nick Hudson (1+1 Management)
Foto: Nick Hudson (1+1 Management)

Quando pergunto quem é seu estilista favorito, ela não titubeia: “Chanel”. Foi por um convite de Karl Lagerfeld, estilista da maison, que, aos 35 anos, Caroline voltou às passarelas, em 2011. Além de se tornar embaixadora da marca, ela é uma espécie de musa de jovens designers, como Anthony Vaccarello, Jacquemus e Johan Lindeberg. Em 2015, lançará uma linha de cosméticos com a Lancôme. “São os truques que aprendi trabalhando com os melhores maquiadores, e que se encaixam com a maneira como faço minha maquiagem, sempre com rapidez.”

Assine Harper’s Bazaar