Foto: divulgação
Foto: divulgação

Por Matheus Evangelista

O desfile de verão 2016 da Balmain, que aconteceu na manhã desta quinta-feira (01.10), em Paris, deixou fashionistas no front row de queixo caído. O motivo? Carol Ribeiro, top que o mundo admira e Bazaar ama, abriu a apresentação. Não foi Gigi Hadid, nem Kendall Jenner ou outra modelo do momento ou da turma hype de Olivier Rousteing, o diretor criativo da marca.

“Você não imagina a surpresa que foi. Viajei para Los Angeles, Honolulu, Sydney e Nova Zelândia para gravar o ‘Mapa do Pop’, meu novo programa na TNT. Cheguei em São Paulo na quarta-feira passada, fui para Belo Horizonte na quinta-feira para uma palestra com Paulo Borges. Estava de volta na sexta-feira (25.09) e me ligaram perguntando se tudo bem ir até Paris para desfilar para a Balmain”, contou Carol, direto da Cidade Luz.

First view: a campanha da Balmain para a H&M

Longe das passarelas, a modelo mostrou hoje que não há distanciamento que a faça esquecer o que sabe de cor e salteado. “Quando cheguei a Paris eu não sabia que iria abrir o desfile. Fiquei sabendo só no fitting (prova de roupa). Nunca passou pela minha cabeça estar nessa apresentação, muito menos abrir o desfile”, contou Carol, que já havia desfilado para a marca, mas há mais de uma década, quando Oscar de la Renta comandava a alta-costura da casa.

E o relacionamento dela com Olivier, o estilista mais cool do momento? Praticamente nenhum. “Não tinha contato com ele. Quando cheguei, ele e os assistentes ficaram todos felizes dizendo que acompanhavam a minha carreira e que eram fãs. Muito fofos e eu uma senhora!”, diverte-se. “Foi surpresa pura. Quando entrei na passarela, eu vi os rostos assustados. Ninguém entendeu nada”, finalizou. Ainda bem. De surpresa é sempre mais gostoso!