Cate Blanchett – Foto: Arquivo Harper’s Bazaar

Ela já contracenou Brad Pitt, Leonardo DiCaprio, Sandra Bullock e Anne Hathaway, fez parte do elenco de grandes franquias cinematográficas como “Senhor dos Anéis“, “Cinderella” e “Thor“, do universo da Marvel, e protagonizou grandes sucessos da crítica, entre eles “Blue Jasmin“, que lhe rendeu seu primeiro Oscar de Melhor Atriz.

Estamos falando de Cate Blanchett, atriz australiana que além de estrelar filmes e séries incríveis, é dona de um estilo elegante, inconfundível e inovador, sempre tentando fugir do esperado.

Para celebrar o aniversário de Cate, selecionamos quatro momentos que ela apareceu deslumbrante no tapete vermelho. Veja todos eles abaixo e escolha o seu favorito:

1 vestido, 2 looks:

Cate Blanchett no Festival de Cannes 2018 – Foto: Getty Images

No Festival de Cannes, em 2018, Cate provou que é possível sim repetir roupa – até no tapete vermelho. A musa usou um vestido preto de renda Armani Privé, usado pela primeira vez para cruzar o tapete vermelho do Globo de Ouro em 2014, mas com um styling bem diferente.

Se na primeira vez usando a peça ela complementou o visual com joias de diamantes para destacar ainda mais o vestido, em 2018 ela apostou em brincos com gemas coloridas e prendeu os fios em um coque com repartido no meio da cabeça, o que o look mais atual.

Alfaiataria

Cate Blanchett veste Missoni – Foto: Getty Images

Para a pré-estréia de “Oito Mulheres e Um Segredo”, também em 2018, Cate elegeu um conjunto de blazer e calça de alfaiataria bordados com paetês da Missoni, que deu um ar poderoso para a produção.

Repare que, para não pesar no visual, a musa usou apenas um brinco grande, trazendo assimetria e balanceando o visual. Para que a roupa fosse a protagonista, ela ainda investiu em um cabelo liso com risca lateral e olhos com sombra esfumada.

Cate Blanchett – Foto: Getty Images

Talvez o mais polêmico da lista – e o menos convencional -, esse vestido criado por Mary Katrantzou foi o escolhido pela atriz para participar do Globo de Ouro em 2020. Com saia e mangas plissadas, o modelo ainda tem transparências e recortes que o deixam ainda mais ousado.

Para combinar com os bordados do vestido, ela optou por incluir pulseiras e brincos que não chamam atenção e ao mesmo tempo finalizam o look. O messy hair foi a escolha perfeita para esse visual e combina com a proposta diferente da roupa.

Upcycling

Foto: Getty Images

Em mais uma ocasião, dessa vez em 2020, Cate provou que é possível – e necessário – ressignificar o guarda-roupa. No Festival de Veneza daquele ano, ela usou um top Alexander McQueen, visto pela primeira vez em 2016 como vestido. Para a versão mais atual do look, Cate decidiu transformar a peça e usá-la com uma calça preta de alfaiataria. O cabelo com ares futuristas ainda traz um topete que complementa o visual.