Não só o xadrez tradicional foi surrupiado do guarda-roupa masculino. A maneira como ele voltou às ruas também tem visual tomboy - Fotos: Reprodução/Harper's Bazaar
Não só o xadrez tradicional foi surrupiado do guarda-roupa masculino. A maneira como ele voltou às ruas também tem visual tomboy – Fotos: Reprodução/Harper’s Bazaar

O xadrez está nas ruas em sua versão mais tradicional – pense em algo como o clássico príncipe de Gales, em cinza, roubado do closet mas­culino, como Coco Chanel nos ensi­nou a fazer, no começo do século passa­do, e Giorgio Armani transformou em marca registrada nos anos 1980. É nas roupas deles, aliás, que reside a maior fonte de inspiração de como usar: mon­te um look tomboy, combinando-o à al­faiataria hiperclássica.

Assine a Harper’s Bazaar